Aos 73 anos, idoso se gradua em Agronomia pela UPF

Presença de um acadêmico com mais experiência nunca havia ocorrido na faculdade

Por
· 2 min de leitura
Danilo José Savariz é produtor rural há mais de 20 anos, (Foto: Camila Guedes/UPF)Danilo José Savariz é produtor rural há mais de 20 anos, (Foto: Camila Guedes/UPF)
Danilo José Savariz é produtor rural há mais de 20 anos, (Foto: Camila Guedes/UPF)
Você prefere ouvir essa matéria?

Produtor rural há mais de 20 anos, Danilo José Savariz sempre gostou de estudar. Depois de trabalhar por 36 anos na antiga CEEE, a aposentadoria lhe abriu possibilidades para realizar sonhos que ainda não tinham acontecido. Com o apoio da família, ele deu início a caminhada na graduação no curso de Agronomia. Passados cinco anos, ele agora é o mais novo engenheiro agrônomo formado pela Universidade de Passo Fundo (UPF). Aos 73 anos, ele viveu o momento com a família, colegas e professores. 

Danilo já havia cursado, em outros tempo, Engenharia Mecânica, formado pela UPF. Em Parobé, onde estudou na Escola Técnica, teve a base de formação que lhe permitiu acessar o conhecimento. “Tudo foi superação. De família humilde, foi com a escuta de um rádio, no interior, que passei a ver um mundo mais bonito do que ele conhecia”, destacou o agrônomo, nascido em Catuípe (RS).

Dos anos de formação e da convivência com os colegas, ele pontua os aprendizados, o crescimento e as perspectivas. “Aprendi que não adianta ser um aluno nota 10 e não saber lidar com as pessoas. Recomendaria para todos que estão aí passando dos 60 que vão estudar. Isso rejuvenesce a gente, faz a gente pensar diferente. Agora, vou cuidar da minha terra, me especializar em erva-mate, fazer umas estruturas e umas experiências para aplicar”, comenta.

Presente na solenidade de formatura, o vice-reitor de Graduação da UPF, Edison Alencar Casagranda, aproveitou a oportunidade para valorizar o empenho, dedicação e esforço do agora agrônomo. “Sempre que integramos um espaço coletivo, nos transformamos, nos adequamos e melhoramos. Por isso, essa vivência do Danilo aqui é rica em experiência de vida e em partilha para todos nós”, pontuou, lembrando que ele também já fez parte da UPF, atuando como docente no curso de Engenharia Mecânica.

Segundo o coordenador do curso, Vilson Klein, o graduado sempre foi um bom estudante e a presença de um acadêmico com mais experiência nunca havia ocorrido na Faculdade. Por isso, a formatura tem um sentimento especial. “Uma grata alegria recebê-lo. Nunca havíamos passado por isso, mas ele logo se integrou perfeitamente com os demais estudantes. Muito participativo, sempre foi um bom aluno. Sempre dividiu conosco a importância dessa experiência para ele e nós ganhamos com a história dele aqui, com sua vivência e suas práticas, já executadas em suas propriedades. Tantas pessoas que desistem cedo, mas o Danilo mostra que não tem idade para a realizar os sonhos”, destaca o professor.

A solenidade também contou com a presença do paraninfo da turma, professor José Roberto Salvadori e do diretor da Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Eraldo Zanella.

Colega de Danilo em algumas disciplinas, André Luis Della Vecchia, do VIII nível, ressaltou que Danilo sempre foi um ícone para a turma. “Pela experiência dele, sempre foi uma referência. Uma pessoa que serviu de exemplo. Sempre que possível ele compartilhou muitas coisas com toda a turma e agregou muito na nossa formação e para o nosso conhecimento. Apesar da diferença de idade, ele sempre interagiu muito bem com todos e, quando a tecnologia era um empecilho, a ajuda dos mais novos sempre chegou com afeto”, ressaltou o presidente do Diretório Acadêmico do curso de Agronomia.

Gostou? Compartilhe