O aprendizado de um idioma vai além da sala de aula

Escutar música, assistir filmes e séries, ler livros e realizar atividades em língua estrangeira facilitam a compreensão e o entendimento de um novo idioma

Por
· 3 min de leitura
Prática do idioma pode ser feita de formas diferentes (Foto: Leonardo Andreoli/UPF)Prática do idioma pode ser feita de formas diferentes (Foto: Leonardo Andreoli/UPF)
Prática do idioma pode ser feita de formas diferentes (Foto: Leonardo Andreoli/UPF)
Você prefere ouvir essa matéria?

A gente sabe que aprender um idioma proporciona inúmeros benefícios pessoais e profissionais, como viajar pelo mundo e conhecer diferentes países, pessoas e culturas, conquistar uma melhor colocação no mercado de trabalho, entre outros. E além do ensino na sala de aula, é fundamental praticar a língua estrangeira no dia a dia com o objetivo de atingir a fluência, e isso pode ser realizado de várias formas.

De acordo com a coordenadora da UPF Idiomas, professora Me. Mariane Rocha Silveira, há muitas maneiras de potencializar o aprendizado de um idioma. “Diferentes recursos, como músicas, filmes, séries e livros de gêneros diversos colaboram e despertam o interesse para a aquisição de uma língua adicional na medida em que se mostram como estratégias para potencializar o processo iniciado, seja pela instituição de ensino, seja pela família. Nesse contexto, atividades aparentemente mais fáceis que outras e que se encontram na vida das pessoas, além de entreterem, podem ser fontes bem interessantes para a ampliação de vocabulário e desenvolvimento da compreensão auditiva, o que certamente facilitará no processo de comunicação oral e escrita”, destaca.

Mariane comenta que, ao assumir essas práticas no cotidiano, os aprendizes efetivamente estarão numa imersão cultural e linguística, mesmo que não estejam fisicamente em um país estrangeiro. “O segredo está na entrega, ou seja, no comprometimento que essa pessoa terá em prestar atenção nas letras das músicas, tentando compreendê-las e fazendo inferências com suas temáticas; em ler um livro autêntico na língua-alvo, começando pelo seu nível de aprendizagem, o que não provocará uma desistência da atividade. Isso também ocorrerá com filmes e séries dos quais as pessoas gostem de assistir, já que o emocional também se mostra um fator que implica na aprendizagem”, disse, reforçando a dica de assistir séries e filmes que já tenham sido vistos, pois, nesse caso, já se conhece o vocabulário.

Outras atividades, conforme a professora, também podem ser interessantes para o aprendizado de um novo idioma. “Participar de jogos on-line, de redes sociais, seguir influenciadores digitais e artistas estrangeiros, ler periódicos conhecidos e que podem ser encontrados facilmente na internet, baixar no celular aplicativos para a aprendizagem, entre outras tantas plataformas que podem ser acessadas por quem deseja potencializar o seu conhecimento a respeito de uma língua. Tudo depende do interesse, do comprometimento e da autonomia”, afirma Mariane.


Cursos da UPF Idiomas com matrículas abertas

Incentivando a prática do idioma nas suas mais diferentes formas, a UPF Idiomas está com matrículas abertas para os cursos regulares de Alemão, Espanhol, Francês, Italiano, Inglês e Japonês; para o curso especial de Libras; e para os cursos de curta duração de Preparação para Vestibular - lnglês e Espanhol, lnglês e Espanhol para Intercâmbio, Preparação para Provas de Proficiência - Inglês e Espanhol e Preparação para exame TOEFL lTP.

Quem deseja ingressar em alguma das opções pode se matricular até 7 de agosto por meio do envio de um e-mail para upfidiomas@upf.br e pelo telefone (54) 3316-8510 ou WhatsApp (54) 98145-4973.

A coordenadora da Escola ressalta a variedade de idiomas ofertados aos alunos como um dos principais diferenciais. “Em nossa instituição, possibilitamos que acadêmicos, professores, funcionários da UPF e a comunidade em geral tenham contato com línguas que têm tradição em nosso país”, conta Mariane.

Ela ainda enfatiza outros atributos da UPF Idiomas. “Os professores têm experiência de ensino e já realizaram atividades e/ou têm formação nos países de origem das línguas; as aulas acontecem semanalmente, de forma síncrona com os professores, em turmas reduzidas, o que promove uma interação mais dinâmica entre os colegas e com o professor; os alunos podem se comunicar com professores e colegas por diferentes plataformas de forma assíncrona; o material didático é produzido por editoras especializadas, o que promove maior qualidade e confiabilidade no conteúdo; e os valores dos cursos são muito acessíveis, inclusive apresentando a possibilidade de bolsas de 50% de desconto aos estudantes, professores e funcionários da UPF e do Centro de Ensino Médio Integrado UPF”, finaliza.


Ingresse na Escola

Ficou interessado em aprender uma língua estrangeira? Então matricule-se nos cursos da UPF Idiomas. As aulas iniciam em 2 de agosto, de maneira on-line. Os encontros são ao vivo, ficam gravados e é possível assistir quantas vezes quiser. Além dos cursos, os alunos podem contratar aulas particulares, com blocos de 10h, 20h ou 30h, combinando o horário das aulas com o professor, de forma flexível.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (54) 3316-8510, WhatsApp (54) 98145-4973, e-mail upfidiomas@upf.br e no site upf.br/upfidiomas.


Gostou? Compartilhe