Obra do general Prestes Guimarães ganha nova edição

Apontamentos Históricos foi escrita em 1895, após a Revolução Federalista

Por
· 1 min de leitura
 Prestes Guimarães foi advogado, major e político (Foto: Divulgação/ON) Prestes Guimarães foi advogado, major e político (Foto: Divulgação/ON)
Prestes Guimarães foi advogado, major e político (Foto: Divulgação/ON)
Você prefere ouvir essa matéria?

No domingo (19) completaram-se 110 anos do falecimento do General Antonio Ferreira Prestes Guimarães (1837-1911). Para marcar a data, a Acervus Editora, juntamente com o Instituto Histórico de Passo Fundo (IHPF), traz a público a obra Apontamentos Históricos da Revolução Civil do Rio Grande do Sul na Zona Serrana, de autoria de Prestes Guimarães. Escrita em 1895, a obra é fruto do relato de Prestes Guimarães sobre a Guerra Civil de 1893-1895, também conhecida como “Revolução Federalista” ou “Revolução de 1893”.

A narrativa, considerada um dos principais registros acerca da atuação Federalista, apresenta o contexto das disputas e das consequências que as divisões político-partidárias consolidaram em território sul-rio-grandense no período posterior à Proclamação da República, em 15 de novembro de 1889.

A obra

Transcrita a partir dos originais produzidos por Prestes Guimarães em 1895, a obra é uma fonte profícua para compreender a movimentação revolucionária na “região serrana” – entendida por Prestes Guimarães como os municípios de Soledade, Palmeira e Passo Fundo – com ênfase para a compreensão sobre os armamentos, as táticas e os conflitos, porém para além da guerra em si, o relato permite uma melhor compreensão sobre a geografia, os hábitos e o contexto em que a sociedade da zona serrana viveu durante a revolta.

Informações sobre como adquirir a obra podem ser acessadas no site da editora.

Antonio Ferreira Prestes Guimarães (1837 – 1911)

Nascido em 13 de junho de 1837, Prestes Guimarães era filho de José Prestes Guimarães e Maria do Nascimento, portanto, neto de Manoel José das Neves, um dos primeiros moradores da cidade de Passo Fundo. Foi advogado, major e secretário do comando da Guarda Nacional em 1864, suplente de Delegado de Polícia entre 1870 e 1873, secretário da Câmara Municipal em 1874 e presidente da casa de 1882 a 1886. Foi deputado provincial nas legislaturas de 1885, 1887 e 1889, pelo Partido Liberal. Prestes Guimarães era chefe do Partido Liberal (PL) em Passo Fundo e foi 1º vice-presidente da província do Rio Grande do Sul, assumindo a província interinamente de 25 de junho a 07 de julho de 1889. Após a Proclamação da República, participou da fundação do Partido Federalista (PF), em março de 1892. Participou da Revolução Federalista, tendo o comando da 1ª Divisão por um breve período, em 1894, quando foi responsável pela ocupação de Alegrete. Foi vitorioso também em 1895, contra a Divisão do Norte, território argentino, defendendo Corrientes. Foi aclamado General do Exército Libertador. Faleceu em Passo Fundo, em 19 de setembro de 1911.

Gostou? Compartilhe