Black Friday sem armadilhas nas compras

Vendas podem crescer 8%, mas consumidores devem ficar atentos antes de adquirir novos produtos

Por
· 3 min de leitura
Edição deste ano deve ter cerca de 200 estabelecimentos participantesEdição deste ano deve ter cerca de 200 estabelecimentos participantes
Edição deste ano deve ter cerca de 200 estabelecimentos participantes
Você prefere ouvir essa matéria?

Chamada por algumas pessoas de Dia Mundial do Desconto ou Sexta Feira Negra, a Black Friday é uma campanha do varejo, realizada na última sexta-feira de novembro, quando as lojas oferecem descontos tentadores – alguns produtos saem até 90% mais baratos. Neste ano, são cerca de 200 estabelecimentos comerciais filiados à CDL de Passo Fundo que participarão da campanha no dia 23 deste mês. Para as compras realizadas online, é preciso tomar cuidado para não entrar nas armadilhas de alguns sites.

 

A expectativa de crescimento nas vendas está em 8% em relação ao mesmo período do ano passado. A data, para quem compra é uma forma de aproveitar os preços baixos nas lojas que aderem à campanha. Já para os lojistas, é uma oportunidade de vender mais e obter resultados neste final de ano, época tão importante para o comércio. “Normalmente os consumidores já sabem o preço médio dos produtos, então o cuidado é para saber se realmente a promoção está de acordo com o preço original. Mas recentemente, as lojas estão oferencdo preços justos e promoções verdadeiras”, disse a presidente da CDL, Carina Sobiesiak.

 

As lojas participantes da Black Friday estão indicadas com cartazes gráficos e balões. “Espero que as pessoas aproveitem as promoções e que circulem pela cidade, tanto nas lojas de rua, quanto nos shoppings. As ofertas valem a pena, e é uma forma das pessoas anteciparem as compras de Natal”, finaliza Carina.

 

A pesquisa de preços também é importante para quem vai aproveitar os descontos oferecidos. “O consumidor não deve entrar no primeiro estabelecimento comercial e já realizar a compra, porque depois de efetuada, não é possivel cancelar. Além disso, mesmo na loja física, sempre verificar se o produto tem disponibilidade de estoque, já que, às vezes, o consumidor compra um produto, mas o prazo de entrega se estende pela falta de ter em estoque”, explica professor de direito da UPF e orientador do Balcão do Consumidor de Passo Fundo, Franco Scortegagna.

 

Compras online
Quem quiser aproveitar as ofertas anunciadas na internet deve estar atento para não ter prejuízo. O Balcão do Consumidor dá algumas dicas para quem quer aproveitar. “o consumidor deve sempre pesquisar se o site é seguro e optar pelos que são mais conhecidos. Sempre evitar realizar compras de anúncios recebidos via e-mail, WhatsApp e ou de outras redes sociais. Manter o antivírus do computador ativado e não fazer a compra em computadores públicos é um cuidado que deve ser tomado”, esclarece Scortegagna.

 

Nas compras pela internet, o consumidor dispõe do prazo de arrependimento ou reflexão. Quando o consumidor faz compras pela internet ou telefone, ele tem direito a arrepender-se no prazo de sete dias. Mesmo não havendo defeito no produto, pelo simpes fato de não querer mais, ele pode solicitar a troca. Em caso de compras no estabelecimento comercial, o consumidor não tem este direito.

 

A dica essencial do orientador, Scortegagna, “é o consumidor não efetuar a compra por impulso”. Verificar, não só o valor da parcela, mas sim o custo efetivo, juros e taxas. Sempre exigir a nota fiscal, comprovante de venda e contrato. Além disso, é possível verificar se há possíveis reclamações de produtos contra as lojas online, em ferramentas, como por exemplo, o Reclame Aqui.


Faça listas
Comece desde já a montar a lista dos produtos que deseja comprar na Black Friday e monitorar os preços destes itens ao longo das semanas. O ideal é guardar recortes dos anúncios ou prints da tela com os valores anunciados. Assim, é possível ter certeza que estará comprando um produto realmente com desconto. Faça uma pesquisa sobre a reputação da loja.

Confira prazos de entrega
Durante a Black Friday, por conta da alta demanda, os sites oferecem prazos de entrega mais longos do que o normal. Por isso, é preciso ter atenção, especialmente caso deseje comprar presentes para datas específicas como aniversário e Natal, pois o produto pode chegar depois do esperado.


Formas de pagamento
Fique atento às formas de pagamento mais seguras. O cartão de crédito é a forma de pagamento on-line mais segura para o cliente: caso não reconheça algum lançamento feito em sua fatura, ele tem o direito de realizar a contestação e solicitar o estorno. Além disso, para que uma loja virtual possa receber pagamentos via cartão, é exigida extensa documentação.


Ofertas maquiadas
Sabendo da procura de clientes por descontos significativos, algumas empresas de má índole oferecem descontos falsos, chamados de “maquiagem no preço”. Dias antes da sexta-feira negra, os preços são elevados, para que posteriormente sofram redução e gerem a ilusão de desconto. Por isso, é importante que os consumidores estejam cientes do valor médio do produto.

Gostou? Compartilhe