Alegria e empolgação no retorno das visitas presenciais ao Muzar

Estudantes de Santo Antônio do Planalto conheceram o acervo do museu e participaram de uma oficina sobre borboletas

Por
· 1 min de leitura
Visita dos estudantes marcou a volta das atividades presenciais no Muzar (Fotos: Caroline Lima/UPF)Visita dos estudantes marcou a volta das atividades presenciais no Muzar (Fotos: Caroline Lima/UPF)
Visita dos estudantes marcou a volta das atividades presenciais no Muzar (Fotos: Caroline Lima/UPF)
Você prefere ouvir essa matéria?

Ouvidos atentos às explicações e olhos curiosos observando tudo ao redor. Assim foi marcado o retorno das atividades presenciais ao Museu Zoobotânico Augusto Ruschi da Universidade de Passo Fundo (Muzar/UPF), que na sexta-feira, 8 de outubro, recebeu os estudantes da Escola Municipal de Ensino Fundamental São Paulo, do município de Santo Antônio do Planalto.

O grupo de estudantes do segundo ano do ensino fundamental percorreu cerca de 50 km para conhecer o museu. Além da visita guiada para conhecer o acervo, os alunos também participaram de uma oficina sobre borboletas. “Para agregar ao aprendizado e ao projeto que eles estão estudando sobre o tema borboletas, pensamos em vir até a UPF por saber da grandiosidade que aqui tem de material, que possibilita que eles tenham esse conhecimento mais próximo. A visita agregou bastante, pois agora eles voltam para a sala de aula, retomam o que foi visto e dão continuidade ao projeto”, afirma Milena dos Reis, integrante da Secretaria de Educação de Santo Antônio do Planalto, que acompanhou as crianças na visita.

Após 18 meses de atividades on-line, o Muzar voltou a receber visitantes de forma presencial. “Estamos preparados e nos adaptando a essa nova realidade. Organizamos as visitas mantendo todos os cuidados que a pandemia exige e agora estamos com expectativa de que a comunidade venha buscar nossas atividades”, afirma a responsável técnica do Muzar, a bióloga Flávia Biondo da Silva. “Nessa primeira visita agendada com estudantes, atendemos uma demanda da escola, de trabalhar o grupo dos lepidópteros, então mostramos a diferença entre borboletas e mariposas, o ciclo de vida delas, as interações que existem e os benefícios que esses animais podem trazer às pessoas”, comenta a bióloga.


Agendamento de visitas

A comunidade e escolas interessadas podem agendar visitas pelo site www.upf.br/muzar ou pelo telefone (54) 3316-8316. O número de visitantes é de até 20 pessoas por hora. Também há a possibilidade de solicitar oficinas temáticas. Para pesquisadores e informações técnicas também é necessário fazer agendamento para organização interna do atendimento. Mais informações pelo e-mail muzar@upf.br.

Gostou? Compartilhe