BM realiza operação com três frentes de atuação

Barreiras itinerantes da Balada Segura foram montadas ao longo da noite e estabelecimentos comerciais foram vistoriados. Por fim, o consumo de bebidas alcóolicas em via pública foi o foco da fiscalização

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Mais de 150 veículos foram fiscalizados, 28 pessoas foram multadas por beber em via pública e cinco estabelecimentos comerciais foram interditados em grande operação conjunta da Brigada Militar, no último fim de semana. Batizada de Operação Avante Combo, o foco foi o de coibir a perturbação do sossego. A ação foi desencadeada pelo 1° Esquadrão do 3° RPMon, na noite de 22 e madrugada de 23 de março, com auxílio de membros do Conselho Tutelar, Secretaria Municipal de Finanças, Guarda Municipal de Trânsito e Corpo de Bombeiros Militar, envolvendo um efetivo de 39 Militares e 17 agentes municipais.

 

A operação focou em três ações consideradas importantes pelos policiais no Centro e nas áreas de vulnerabilidade social de Passo Fundo. A primeira ação foi a Balada Segura com barreiras itinerantes, ao longo da noite. O objetivo de deslocar a fiscalização é o elemento surpresa, já que depois de passado algum tempo, os motoristas recebem a informação da barreira e evitam passar pelo local.

 

A fiscalização de bares e casas noturnas, algo que a Brigada Militar faz com frequência, foi a segunda ação. Por fim, a vigilância em relação ao consumo de bebidas alcóolicas em via pública – ato proibido conforme lei municipal – foi o terceiro foco de atuação da operação.

 

Números da operação

Mais de 300 pessoas foram abordadas. Em relação à fiscalização do consumo de bebidas alcóolicas em via pública, foram 28 autuações. As barreiras da balada segura fiscalizaram 157 carros e 21 motocicletas. Destes 12 veículos foram autuados e um foi recolhido. Ao total, 51 testes do etilômetro foram feitos. Com relação à segunda ação da operação, nove estabelecimentos comerciais foram vistoriados: cinco bares e quatro casas noturnas. Destes, cinco foram interditados. 

Gostou? Compartilhe