Região recebe mais de 50 novos soldados

Dois ficarão no município de Passo Fundo; veteranos devem chegar nos próximos dias

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

O 3º Regimento de Polícia Montada (3º RPmon) da Brigada Militar recebeu na manhã desta terça-feira (20) 52 novos soldados que irão incrementar os batalhões das 21 cidades da região. O número faz parte dos 210 novos soldados apresentados na segunda-feira (19) e que foram distribuídos no Comando Regional de Polícia Ostensiva do Planalto (CRPO Planalto). Destes, apenas dois devem ficar no município de Passo Fundo. O número deve ser incrementado nas próximas semanas com o remanejamento de soldados veteranos, que poderão solicitar transferência.


Dos 204 soldados, 190 atuarão no policiamento ostensivo nas cidades que fazem parte do 3º RPMon, 13º BPM e 38º BPM.
A distribuição seguiu critérios estabelecidos pelo governo do Estado que priorizou o envio de agentes a cidades com menos de cinco policiais militares, para que nenhum município fique abaixo desta margem.


“Os soldados são oriundos da última formação. Após sete meses de cursos estamos recebendo. Então é um pessoal novo. Vem com sangue novo, com todo gás para trabalhar”, destacou o major Saraiva. “Nós estamos recebendo 52 em toda a área do regimento. Eles serão realocados para que nenhum município fique com menos de cinco [policiais]. Nós temos para receber os soldados antigos. Esta semana, o mais tardar, deve sair um boletim de movimentação dos soldados antigos que estão há muito tempo fora. Fizeram o curso em outras épocas e estão querendo voltar as suas cidades de origem”. O major não disse qual o número de soldados que deve vir ao município a partir desse remanejo.


O próximo passo será o envio de policias aos novos Batalhões de Choque, criados em Caxias do Sul e Pelotas, e depois o incremento nos batalhões de Porto Alegre, Santa Maria e Passo Fundo. Parte dos veteranos também deve ser realocada no Batalhão de Choque.


Outro critério orientado para a qualificação do pronto atendimento regionalizado é o aumento de efetivo nos 38 Pelotões de Operações Especiais (POEs), que receberão, ao todo, 250 novos policiais militares. Como os POEs estão espalhados pelo Estado, a medida terá repercussão para todas as regiões do Rio Grande do Sul.


Os novos soldados receberam orientações do major a portas fechadas, sem participação da imprensa.  

Gostou? Compartilhe