Mulher é algemada após dar nome falso

Por
· 1 min de leitura
 Crédito:  Crédito:
Crédito:
Você prefere ouvir essa matéria?

Uma mulher de 34 anos foi detida na manhã de domingo (15), no bairro São Luiz Gonzaga, após, segundo o Boletim de Ocorrências registrado pela Brigada Militar, desobedecer a ordem de parada e identificação e dar nome falso. Ela foi algemada e conduzia à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA).


Conforme o registro, agentes da BM estavam em patrulhamento no bairro São Luiz Gonzaga quando viram a mulher “em atitude suspeita”. Ela teria desobedecido a ordem de abordagem e identificação, até dar o nome da irmã como sendo o dela.


A BM identificou a mentira e a mulher deu o nome verdadeiro. Segundo o registro, ela disse que mentiu o nome pois achou que estava em situação de foragida, já que não comparecera a uma audiência no Fórum para assinar um documento relativo a um processo criminal a que responde. O Boletim de Ocorrência não citou qual o crime relacionado ao processo.


Os agentes fizeram contato com uma servidora do Fórum que confirmou a informação. Em revista pessoal foi encontrado uma faca com na bolsa da mulher.


Segundo o registro, a mulher resistiu a prisão e os agentes fizeram “uso moderado da força” para algemá-la. Foi justificado o uso das algemas no Boletim de Ocorrência por “receio de fuga e também para proteção da integridade física da acusada bem como da guarnição”.

Gostou? Compartilhe