Discussão de trânsito motivou homicídio em Estação

O autor do homicídio de Erivalto Alexandre Slaviero está preso preventivamente

Por
· 1 min de leitura
Erivalto Alexandre Slaviero foi assassinado segunda-feira depois de uma discussão de trânsitoErivalto Alexandre Slaviero foi assassinado segunda-feira depois de uma discussão de trânsito
Erivalto Alexandre Slaviero foi assassinado segunda-feira depois de uma discussão de trânsito
Você prefere ouvir essa matéria?

A Polícia Civil de Getúlio Vargas cumpriu na manhã desta quinta-feira (12) um mandado de prisão preventiva contra o autor do homicídio de Erivalto Alexandre Slaviero, de 55 anos. O crime aconteceu na cidade de Estação, distante 50 quilômetros de Passo Fundo, na última segunda-feira (9).

Segundo o delegado Jorge Pierezan, responsável pela investigação, o crime foi motivado por uma discussão banal de trânsito. A vítima saiu do trabalho e caminhava pela avenida Lido Tagliari, até chegar em uma faixa de segurança, quando houve um desentendimento com o motorista de um veículo. Poucos metros depois, o condutor desceu do carro e agrediu Erivalto com golpes faca. Ele foi socorrido e encaminhado ao hospital de Estação, mas precisou ser transferido para Erechim, onde faleceu durante a noite.

A Polícia Civil também cumpriu mandado de busca e apreensão, pois deverá acontecer uma perícia no automóvel do acusado. As imagens mostram que durante a discussão a vítima teria chutado o veículo.

Na delegacia o autor do crime estava acompanhado de seu advogado. Ele não negou a autoria, mas optou em não falar sobre a motivação. O delegado Jorge Pierezan comentou que elucidação rápida do homicídio foi possível por meio do depoimento das testemunhas, e a análise das câmeras de vídeo-monitoramento. “As imagens de duas câmeras mostram a discussão na faixa de pedestres, e alguns segundos depois mostram o motorista descendo do carro e agredindo a vítima com os golpes de faca”, disse o polícia.

O crime chocou a pequena cidade com pouco mais de seis mil habitantes. Erivalto Alexandre Slaviero era funcionário público municipal e após a confirmação da sua morte, a prefeitura de Estação decretou luto oficial por três dias. A APAE, e as escolas públicas e particulares do município tiveram aulas suspensas na terça-feira, o CRAS do município não teve atividades durante três dias.

Gostou? Compartilhe