Batalhão Ambiental flagra vazamento de óleo às margens do Rio Jacuí

Combustível teria vazado de uma máquina da empresa JBS usada na captação de água

Por
· 1 min de leitura
Divulgação/ON Divulgação/ON
Divulgação/ON
Você prefere ouvir essa matéria?

O Ministério Público de Passo Fundo vai apurar as circunstâncias de um vazamento de óleo diesel ocorrido às margens do rio Jacuí, em Passo Fundo, saída para Marau. O fato foi constatado na segunda-feira pelo Batalhão Ambiental de Passo Fundo, após denúncia anônonima. Segundo apurado pelos policiais no local, o vazamento ocorreu por problemas em uma das máquinas usadas pela empresa JBS, instalada nas proximidades, para captação de água naquele local. O óleo ficou espalhado pelo solo.

 

O Batalhão Ambiental autuou a empresa através de um Termo Circunstanciado e encaminhou o caso ao Ministério Público Estadual. O promotor de Justiça, Paulo da Silva Cirne, da Promotoria de Justiça Especializada de Passo Fundo, que irá investigar o caso, até a tarde de ontem não havia recebido toda a documentação referente à ocorrência. Com base nas informações preliminares que já havia recebido, disse que irá instaurar uma investigação. Também devem ser acionados o órgão ambiental competente e o Departamento de Recursos Hídricos, responsável pela liberação da captação de água no local.

 

“Inicialmente faremos uma avaliação do dano, para, posteriormente adotar as medidas de recuperação do local e a indenização em relação ao prejuízos causados ao meio ambiente” declarou o promotor. Devem ser investigados a quantidade de combustível que vazou, e os possíveis danos causados, tanto no solo, quanto na água. Para o promotor, o baixo nível do rio, causado pelo longo período de estiagem que atinge a região, será considerado na investigação, e pode ser um fator agravante em relação ao impacto causado tanto no solo e na água.

 

Contraponto

A reportagem da jornal O Nacional procurou a empresa para se posicionar sobre a ocorrência. Em nota, informou que: “A JBS informa que a ocorrência em questão foi pontual e a empresa prontamente tomou todas as medidas necessárias após o incidente”.

 


Gostou? Compartilhe