Homem é preso em Água Santa por promover rinhas de galo

Outras cerca de 20 pessoas foram abordadas no local

Por
· 1 min de leitura
Polícia chegou ao local através de denúncias (Fotos: Divulgação/Brigada Militar)Polícia chegou ao local através de denúncias (Fotos: Divulgação/Brigada Militar)
Polícia chegou ao local através de denúncias (Fotos: Divulgação/Brigada Militar)
Você prefere ouvir essa matéria?


Depois de receber denúncias através do telefone 190, guarnições da Brigada Militar de Tapejara foram despachadas na noite de ontem (8) para averiguar uma situação de rinhas de galo na comunidade de Santa Rita, município de Água Santa. 

Chegando no local os policiais constataram a veracidade dos fatos. O local possuía duas rinhas de galo com arquibancadas e diversos armários para que fossem guardado os animais.

Na ação, foram abordadas cerca de 20 pessoas, sendo que uma delas se apresentou como responsável e proprietário do local. Com isso, recebeu voz de prisão e conduzido a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento de Passo Fundo para o registro do fato. O homem que se apresentou como responsável possuía antecedentes por crime contra a flora, crime contra a fauna, crueldade contra animais, porte ilegal de arma de fogo e lesão corporal

No local foram apreendidos três sacos de transporte de galos, 11 lacres plásticos para identificação dos animais, 15 esporas plásticas, 15 biqueiras metálicas e R$180,00 em dinheiro.



Gostou? Compartilhe