Oposição dá o tom político na abertura do ano legislativo

Primeira sessão da Câmara de Vereadores também foi marcada por agradecimentos

Por
· 2 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

A abertura do ano legislativo na  Câmara de Vereadores aconteceu na tarde desta sexta-feira (15), com os discursos do presidente Márcio Tassi (PTB) e do prefeito Luciano Azevedo. A sessão solene também contou com a presença de ex-vereadores, atuais e ex-secretários do município, familiares dos parlamentares, além de servidores municipais

O presidente da Casa enfatizou o momento histórico da Câmara com a nova composição do plenário, que passou de 12 para 21 cadeiras e aproveitou o momento para agradecer. “É uma satisfação e alegria ver esta Casa novamente com 21 vereadores e, especialmente ver os novos vereadores assumindo as suas funções”, disse Tassi. Complementando seu discurso, o presidente se dirigiu ao Prefeito lembrando que a Câmara elegeu o prefeito e o vice-prefeito do município. “É uma alegria estar aqui, entre poder executivo e legislativo, hoje com 23 vereadores. Isso mostra o valor e a importância desta Casa. São 23 vereadores brigando por Passo Fundo”.

Tassi falou da responsabilidade dos vereadores  de atender as demandas da população e de unir as forças entre Governo e Prefeitura para buscar agilidade nos projetos que proporcionem desenvolvimento à cidade. “Quero dizer que a partir de hoje nos estaremos aqui para votar, discutir, pensando sempre na comunidade Passo Fundo e em ajudar o poder executivo para que se possa resolver os problemas mais latentes da nossa cidade. Prefeito, conte conosco”, finalizou o presidente.  

Em clima de harmonia, o prefeito Luciano Azevedo reforçou que a ampliação do número de cadeiras no legislativo deve qualificar o nível dos debates. “A presença de 21 parlamentares torna o debate mais intenso e rico. Nós temos toda a comunidade aqui representada, são muitas visões, origens e formações ideológicas e todas elas vão aqui contribuir para construir uma cidade melhor”, disse.  Sobre o papel da Câmara, Luciano afirmou que a fiscalização será muito bem vinda durante a sua gestão. “Nós queremos ter uma relação de alto nível e de muito respeito, valorizando a figura do vereador, as suas propostas e sugestões ao poder executivo”, finalizou.

Em ordem alfabética, todos os outros 20 parlamentares discursaram por aproximadamente três minutos na tribuna. A maioria dos vereadores aproveitou o momento para agradecer os votos recebidos durante a última eleição, além de darem boas vindas ao prefeito Luciano Azevedo.

Já o tom do discurso do líder da oposição, Gleisson Consalter (PT), foi político, reforçando o papel de criticar, fiscalizar e cobrar da administração as demandas necessárias para o município. “Agradeço a indicação dos partidos que compõem a oposição. Nosso bloco está fortalecido e coeso e creio que este ano será de muito diálogo, mas é claro que estaremos executando o nosso papel de fiscalização do executivo”, finalizou.

O líder da situação, vereador Pedro Daneli (PPS), também reforçou a importância do diálogo e da união pelo bem da cidade. “Nós, como líderes, devemos ser facilitadores do processo Executivo Legislativo. Como líder, pretendo agilizar os projetos da administração pelo bem da comunidade”, afirmou Daneli.

Gostou? Compartilhe