Temporal provoca queda de árvores na região

Em Passo Fundo, ventos chegaram a 72 quilômetros por hora na tarde de domingo

Por
· 2 min de leitura
Ventos provocaram a queda de uma árvore na avenida Presidente Vargas, no domingoVentos provocaram a queda de uma árvore na avenida Presidente Vargas, no domingo
Ventos provocaram a queda de uma árvore na avenida Presidente Vargas, no domingo
Você prefere ouvir essa matéria?

 

Uma área de instabilidade associada a intensas rajadas de vento, que chegou ao Rio Grande do Sul na noite do último sábado (14), deixou estragos em diversos municípios gaúchos. Em Passo Fundo, de acordo com o observador meteorológico da Embrapa Trigo, Ivegndonei Sampaio, os ventos chegaram a 72 quilômetros por hora durante a tarde de domingo (14). O Corpo de Bombeiros informou ter atendido quatro ocorrências de árvores que caíram com a força do vento durante o fim de semana e precisaram ser removidas – duas delas na Avenida Presidente Vargas e outras duas na BR 285. Ninguém ficou ferido.


Devido à queda das árvores, o trânsito precisou ser interrompido em, pelo menos, dois locais. No km 294 da BR 285, próximo à Universidade de Passo Fundo, o trecho ficou totalmente fechado durante a manhã de domingo. Já na Avenida Presidente Vargas, entre os cruzamentos das ruas Padre Valentim e Daltro Filho, a queda de uma árvore na tarde de domingo interrompeu parcialmente o fluxo da pista, no sentido bairro São Cristóvão. Segundo o Corpo de Bombeiros, todas as ocorrências relacionadas ao mau tempo atendidas pela equipe se trataram do serviço de desobstrução e limpeza da pista. Não há informações de casas que tenham sido destelhadas e, tampouco, moradores que procuraram a corporação em busca de lonas.


Chuva retorna no próximo fim de semana


Conforme o observador meteorológico Ivegndonei Sampaio, até as 15h dessa segunda-feira (16), o acumulado de chuva em dezembro, no município, era de 38mm – o equivalente a 21% da média histórica esperada para o mês. Destes, 15mm foram registrados entre a manhã de sábado e a tarde de segunda-feira. “A chuva do fim de semana foi mal distribuída no Estado. Em alguns municípios, choveu muito mais do que em Passo Fundo”, comenta. Nesta terça-feira, ainda há risco de pancadas de chuva durante a manhã. O dia deve ser nublado e com temperaturas entre 16°C e 27°C.

 

Na quarta-feira, a área de instabilidade se afasta e o dia deve ser de céu claro a parcialmente nublado. A mínima prevista é de 14°C e a máxima de 29°C. Na quinta, as temperaturas giram entre 15°C e 29°C. “A sexta-feira ainda deve passar sem chuva, mas o dia já fica com muitas nuvens. A precipitação retorna no fim de semana. O solstício do verão começa na madrugada de domingo, à 1h19min, então entraremos na estação com possibilidade de chuva”, adianta Sampaio.

 

Região

O temporal registrado na noite de sábado também causou danos em municípios como Erechim. Lá, segundo o Corpo de Bombeiros, o fenômeno durou cerca de 20 minutos e derrubou árvores em mais de 20 ruas. Também há registro de vias alagadas, casas destelhadas, postes de energia elétrica derrubados e casas e veículos atingidos pelas árvores. Apesar disso, ninguém ficou ferido. Devido aos estragos, durante o domingo, equipes da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros de Erechim se mobilizaram a fim de remover as árvores, desobstruindo pistas e entradas de residências. Foram distribuídos mais de 800 metros de lonas à população.

 

Gostou? Compartilhe