Vítima da Covid-19, morre Valdir Cunha

Aos 78 anos, o conhecido Vaca Loca residia em Erechim

Por
· 1 min de leitura
Jorge Valdir Ortiz da Cunha no Erechim Hotel -Foto – LC Schneider-ONJorge Valdir Ortiz da Cunha no Erechim Hotel -Foto – LC Schneider-ON
Jorge Valdir Ortiz da Cunha no Erechim Hotel -Foto – LC Schneider-ON
Você prefere ouvir essa matéria?

 Morreu em Erechim, na madrugada desta sexta-feira, 02, o empresário Valdir Cunha. Aos 78 anos, ele estava internado com Covid-19. Jorge Valdir Ortiz da Cunha era natural de Soledade. Atualmente, atuava no ramo hoteleiro como proprietário do Erechim Hotel. Antes, Valdir era conhecido na área de vendas e atuou no ramo da moda como representante comercial de grandes marcas de confecções. Centralizava suas viagens a partir de Passo Fundo, onde ganhou o apelido de “Vaca Louca”. Há mais de três décadas, Valdir residia em Erechim, mas mantinha vínculos de amizades em Passo Fundo. Antes da pandemia, visitava o Bar Oásis nas quintas-feiras. Alegre e descontraído, Vaca Louca divertia a turma da Mesa Um com as suas histórias. Cunha foi casado com Maria Elisa Fuga, com quem teve os filhos Rafael, Cassiano e Gabriela. Seu corpo será sepultado em Soledade.

 

Gostou? Compartilhe