Geno varo e valgo

As pernas do meu filho são tortas: e agora?

Por
· 1 min de leitura
Dr. Jung Ho Kim é ortopedista pediátricoDr. Jung Ho Kim é ortopedista pediátrico
Dr. Jung Ho Kim é ortopedista pediátrico
Você prefere ouvir essa matéria?
É comum em consultórios de ortopedistas pediátricos a presença de pais preocupados com os filhos e suas pernas que parecem tortas. Mas você sabia que é normal que as crianças passem por períodos de pernas tortas? O ortopedista pediátrico Jung Ho Kim, revela que o mais comum é que as crianças cheguem com ao consultório com as perninhas em formato de geno varo, as chamadas pernas de cavaleiro, quando os tornozelos encostam, porém joelhos não; ou o geno valgo, conhecidas como pernas em X, quando os joelhos encostam e os tornozelos não. O ortopedista da Clínica IOT esclarece que todas as crianças passam por períodos de geno varo e geno valgo.
 
Idade e angulações
“Até os 2 anos de idade o padrão é geno varo, após, gradualmente, o indivíduo vai assumindo um padrão valgo . Então esta angulação vai melhorando sendo ainda normal ter um pouco de valgo até a maturidade. Geralmente, o período de maior intensidade do valgo ocorre entre os dois anos e meio até os quatro anos, em média. As angulações são definidas com um gráfico chamado Salenius e Vankka”, revela o ortopedista. Após os 8 anos existe uma tendência que o menino tenha as pernas neutras ou retas. As meninas tendem a ter os joelhos em leve valgo. “Contudo, é importante lembrar que é normal e aceitável ter alguns graus de geno varo ou valgo, sem que isso signifique necessariamente uma doença ou problema ortopédico”, frisa o ortopedista.
(Matéria completa no caderno Medicina & Saúde)
 
 
 
Gostou? Compartilhe