Verba para as escolas de samba deve ser depositada na próxima semana

Entidades carnavalescas aguardam o dinheiro para iniciar a confecção de fantasias e montagem de carros alegóricos

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

A definição sobre os valores que a Prefeitura Municipal repassará às escolas de samba para o carnaval de rua de Passo Fundo deste ano seria definido em reunião no final da tarde de ontem, entre o prefeito Luciano Azevedo e o secretário de Cultura e Desporto, José Ernani. No ano passado, as escolas do grupo especial receberam R$ 40 mil cada uma. 

Após discussões sobre mudanças de datas, o desfile está marcado para 9 de fevereiro, em pleno sábado de carnaval. Este ano, o grupo especial terá a participação de quatro escolas: Bambas da Orgia, União da Vila, Acadêmicos da Cohab e Acadêmicos do Chalaça. Pelo novo regulamento, participam do grupo A, (antigo B), Bom Sucesso e Pandeiro de Prata. O grupo de acesso terá a estreante, Unidos da Vila Operária, que, segundo o secretário, também deverá receber uma ajuda de custo. “Nossa previsão é de que o dinheiro já esteja disponível para as escolas no máximo até o dia 9 deste mês” prevê o secretário. A escolha da corte do carnaval acontece dia 26 de janeiro, em local ainda indefinido.

Trabalho acelerado
Restando pouco mais de 30 dias para o desfile, as escolas começam a afinar os tamborins. Elas esperam apenas pela liberação dos recursos para o início das confecções das fantasias. No mês passado elas já deram uma mostra dos temas que pretendem levar para a avenida, durante a 1ª Mostra de Sambas Enredo. Promovido pela Liga Independente das Escolas de Samba, com o apoio da secretaria Desporto e Cultura (Sedec), o evento lotou o teatro Múcio de Castro.



Gostou? Compartilhe