Astros invictos

Semana de duas grandes estreias nos cinemas passo-fundenses: além de Invictus, nova produção de Clint Eastwood que concorre ao Oscar de melhor filme, entra em exibição o longa de animação Astroboy, adaptado da obra do mestre japonês Osamu Tezuka

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Segundo ON

Algumas semanas de atraso para a chegada de filmes, mas agora você vai passar a próxima semana com vontade de ir ao cinema todos os dias. Pois eles já estrearam no Brasil há algum tempo, em semanas diferentes, mas aportaram nesta semana nas salas de Passo Fundo de uma só vez: Invictus e Astroboy, duas das grandes estreias desse início de 2010, juntando-se a outros bons filmes em cartaz como Amor sem escalas e Avatar. Saiba mais na sequência.

Invictus
Novo filme de Clint Eastwood, Invictus retrata um dos grandes momentos da história, quando a união faz a força. Recém-eleito presidente, Nelson Mandela tem consciência de que a África do Sul continua sendo um país racista e dividido em decorrência do apartheid. Com a proximidade da Copa do Mundo de rúgbi, pela primeira vez realizada naquele país, Mandela resolve usar o esporte para unir a população e por isso chama o capitão Francois Pienaar, vivido por Matt Damon, para incentivar a seleção nacional a alcançar uma grande vitória.

Astro Boy
Metro City é uma metrópole reluzente, que fica no céu. É lá que o Dr. Tenma cria Astro Boy, na intenção de substituir o filho que perdeu. Astro Boy possui poderes extraordinários, sendo dotado com o que há de melhor nas características humanas. Após ser expulso, por não conseguir cumprir as expectativas geradas por Tenma, Astro Boy precisa aprender a conviver como um robô e aceitar o fato de não ser humano. Ele passa a ser perseguido pelas tropas do presidente Stone, que deseja tomar a fonte de energia que Astro Boy carrega dentro de si. Para escapar, ele cai na Terra. Confuso e sem entender a nova realidade, ele resolve se passar por humano junto com um grupo de crianças de rua. Adaptação do clássico mangá de Osamu Tezuka, autoridade máxima no assunto, Astro Boy tem direção de David Bowers.

Gostou? Compartilhe