Cartolas entre ontem e hoje

A banda, que foi a responsável pela abertura da Turnê de Eric Clapton em Porto Alegre, sobe no palco da Velvet e enche a casa com o mais puro rock

Por
· 3 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Parece que quem nasce nas terras gaúchas precisa viver o rock. Com os guris da Cartolas, ao menos, é assim. Ironia e simplicidade são regadas com acordes de uma guitarra. A harmonia da banda, uma soma entre a inspiração e a tradicional pegada do rock fazem do Cartolas uma banda que busca no passado uma visão que possa moldar o  futuro para fazer música no agora. Eles conseguem. Passo Fundo vai ter a possibilidade de viver o Cartolas hoje a noite e, para inspirar o leitor a viajar no universo do rock com a banda, o Segundo entrevistou os guris. Inspirações, momentos importantes e lançamentos - um pé no passado e outro no futuro. 

Segundo ON: O cenário musical atual está voltado para outros ritmos, como o sertanejo por exemplo. Qual a proposta da banda, através da música, para manter o rock vivo? Qual a inspiração?
Cartolas: Não mirar exatamente no rock. Em outras palavras, pensar mais em fazer música do que em fazer rock. Focamos bastante no assunto "relacionamentos". A inspiração vem dos mesmos, (risos)

Segundo ON: Perto de completar uma década na estrada, qual a principal diferença da banda, lá no início, para o atual momento?
Cartolas: Sem dúvida temos mais experiência com o público, e isso é muito importante. Sabemos quais músicas agradam a quais nichos da galera. Nos tornamos mais íntimos do ponto de vista pessoal e como músicos, além de termos somado mais influências artísticas na nossa mochila, o que certamente reflete no som da banda. 

Segundo ON: Quais os aspectos importantes que podem ser destacados durante toda a carreira?
Cartolas: Bah...É até meio difícil de escolher. Vencer concurso "Claro Que é Rock" aqui no RS e depois na final brasileira, abrir o show do Eric Clapton, gravar nosso primeiro disco na Toca do Bandido (estúdio do saudoso Tom Capone) no Rio de Janeiro com a produção do Gordo Miranda, ver o Frank Jorge tocando música nossa, fazer um show num hotel 5 estrelas na beira da praia em Natal-RN junto com Paralamas, Nação Zumbi, Skank, Superguidis e Pública, Tocar um show inteiro de coveres de Beatles, conhecer zilhões de pessoas e lugares legais na estrada...

Segundo ON: Um dos momentos importantes da banda foi a oportunidade de abrir a Eric Clapton Tour, em Porto Alegre. Como aconteceu isso e como a banda se sentiu?
Cartolas: Foi demais! Parece que só nos caiu a ficha quando já estávamos em cima do palco. Pena que não nos deixaram conhecer o “véio”, do qual alguns de nós são fãs. Fomos convidados pela produtora dele aqui no Brasil. Solicitaram que mandássemos nosso material para São Paulo e os Cartolas foram aprovados pelo Clapton e pela produção dele - pelo menos, foi o que nos passaram...

Segundo ON:  Quais as principais diferenças entre o primeiro e o segundo disco e o que está para ser lançado?
Cartolas: O primeiro, "Original de Fábrica" (2007), foi gravado no Rio de Janeiro com produção do Miranda. A gravação desse álbum foi o prêmio de um festival nacional de bandas que a gente ganhou em 2005, e foi a primeira experiência real em estúdio pra todos nós. É um disco mais rápido e resultante das nossas primeiras composições. Na verdade, quando fomos pro estúdio, nem tínhamos ainda todas as músicas do disco. 

Para o segundo, "Quase Certeza Absoluta" (2010), fizemos uma pré-produção em um sítio em São Francisco de Paula, o que fez com que o disco saísse mais com a nossa cara. Esse processo, com o produtor Ray-Z, foi bem divertido e muito importante para a organização das ideias e o arranjo das músicas. 

O terceiro disco deve sair no primeiro semestre de 2013. O primeiro single, "Um Segundo", já foi lançado. Dá pra baixar de graça no nosso site (www.cartolas.com.br). Também tem o clipe, que já está no Youtube.

Cartolas na Velvet

Nessa sexta-feira a Velvet vai receber a banda no palco da casa. Os ingresso estão sendo vendidos a R$ 20 (masculino) e R$ 15 (feminino). Mais informações: (54) 3045.1714 ou 9966.8639

Gostou? Compartilhe