Formas de tratar a questão do comércio ilegal são tema de encontro na CDL

Por
· 1 min de leitura
Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação
Foto: Divulgação
Você prefere ouvir essa matéria?

O presidente da CDL, Sérgio Giacomini, juntamente com o diretor da entidade, Valter Ceolin e o diretor executivo, Onis Casagrande, receberam o secretário de desenvolvimento econômico do município, Diorges Oliveira, para tratar do comércio ilegal na cidade.

Durante o encontro, um conjunto de sugestões foi apresentado para o secretário de desenvolvimento com o intuito de propor alternativas para o controle do comércio irregular, bem como formas de liberar os passeios públicos de Passo Fundo, propor condições adequadas de emprego e trabalho formal, estimular o empreendedorismo e acolhimento aos imigrantes.

O plano de trabalho citado foi criado através de uma comissão interna com alguns diretores da entidade e sugestões de associados da CDL, que perceberam que a venda de produtos sem procedência, sem garantias e até com risco para quem compra é uma atividade prejudicial à economia, aos negócios formais pagadores de tributos, dentre outras responsabilidades, e ao município de Passo Fundo.

O presidente da entidade comenta que o comércio irregular traz prejuízos a todos: “o comércio informal é prejudicial ao consumidor, que adquire produtos sem qualidade comprovada que podem trazer malefícios à saúde, ao lojista, que mantém seu estabelecimento comercial legalizado e aos próprios imigrantes, que acabam trabalhando nas ruas. É por isso que estamos buscando soluções para a questão.”

Diorges Oliveira vai apresentar o documento com sugestões na prefeitura e colocou-se à disposição para manter o diálogo sobre o assunto.


Gostou? Compartilhe