Operação afasta 90 motoristas por embriaguez das estradas

Nos primeiros dois dias de feriado 440 acidentes de trânsito foram registrados, com seis mortes e 181 feridos

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

O esforço integrado dos órgãos de trânsito está concentrado neste feriadão de Nossa Senhora Aparecida para reduzir a acidentalidade. Somente sexta-feira, segundo dia da Operação Viagem Segura, 90 condutores foram autuados por embriaguez e impedidos de continuar dirigindo - desde o início da operação, à zero hora de quinta-feira, foram 104. 

Nesta 11ª. Edição da Operação Viagem Segura, até o momento, foram abordados 39.919 veículos, tendo sido recolhidos 499. Ocorreram 4.591 infrações e recolhidas 134 Carteiras Nacionais de Habilitação. Os agentes de trânsito aplicaram 325 testes com etilômetro, que resultaram em 104 condutores atuados por embriaguez, dos quais 12 em níveis que caracterizam crime de trânsito, tendo sido conduzidos à delegacia. 

Apesar do efetivo de quase mil agentes, dispondo de 160 viaturas, um helicóptero, 195 etilômetros e cerca de 70 radares, entre fixos e móveis, ocorreram nestes primeiros dois dias de feriado 440 acidentes de trânsito, dos quais seis resultaram em seis óbitos, enquanto que outros 162 feriram 181 pessoas. . 

A Operação Viagem Segura prossegue até a meia-noite de domingo. As blitze são realizadas em conjunto por Brigada Militar, Comando Rodoviário da BM, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Civil, com a participação do Detran/RS e do Cetran/RS, sob a coordenação do Comitê de Mobilização pelo Trânsito Seguro, além da Federação das Associações de Municípios do RS (Famurs) e de órgãos de trânsito municipais, como a Empresa Pública de Transporte e Ciculação de Porto Alegre (EPTC).

Nesta edição, as ações foram estendidas para além dos 19 pontos críticos iniciais da operação, atingindo outros dos 125 locais de maior acidentalidade do Estado, mapeados pelo Detran/RS.

 

Gostou? Compartilhe