OPINIÃO

Contagem regressiva para a campanha

Por
· 3 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Concluídas as convenções municipais para a formação de coligações a majoritária, escolha de candidatos a prefeito e vice-prefeito, e a vereador. Os registros das candidaturas junto ao TRE/RS precisam ser feitos até o próximo dia 26. A campanha terá início no dia 27 de setembro e se estende até às 22 horas do dia 14 de novembro, véspera das eleições que acontecem nos 5.570 municípios brasileiros, dos quais 497 do RS. Na 70ª Zona Eleitoral, cinco dos atuais prefeitos e dois dos atuais vice-prefeitos vão buscar a reeleição. A única exceção é a do prefeito Mário Luís Ceron (PTB), reeleito em 2016, e do seu vice, que será candidato a prefeito.

Candidatos á majoritária na 70ª Zona eleitoral

Em Estação quatro candidaturas à majoritária foram aprovadas em convenção. Na do MDB foram inscritas três chapas, uma delas apenas com o candidato a prefeito. A chapa um, formada por Humildes de Almeida Camargo e Evandro da Silva, para prefeito e vice-prefeito, e a chapa dois, por Rubens Slaviero e Mário Muscope, respectivamente, receberam 22 votos cada. A terceira, de Luciano Rodrigues da Silva, nenhum. O desempate se deu pelo critério de idade, e oficializada a chapa um, do atual prefeito. Os convencionais do PSDB e do PP aprovaram a candidatura de Geverson Zimmermann (PSDB) a prefeito e Alcione Domingos Conte (PP) a vice. A do PV as de Plínio Triques e Luciano Prudente; e a do PSD as candidaturas de Jair Menegaz e Gilmar Luís Morandini, também a prefeito e vice.  

I I  

O prefeito de Getúlio Vargas Maurício Soligo (PP) e o vice-prefeito Elgido Pasa (PP) tiveram os nomes referendados para disputar a reeleição. O MDB deverá registrar a candidatura de Aldino Beledelli a prefeito e Deliane Assunção Ponzi a vice-prefeita. O PT disputar a majoritária com Roberto Bortoloto a prefeito e Gelson Seminotti a vice. Em Erebango o prefeito Valmor Tomazini (Cidadania) vai buscar a reeleição e terá como companheiro de chapa Altemir Pilar (PDT). A convenção do MDB de Erebango oficializou a candidatura de Valmor Tomelero, que terá como vice Flávio Evandro Kusz (MDB).  

I I I

O atual vice-prefeito Marco Antônio Sana (PTB), de Ipiranga do Sul, será o candidato a prefeito e terá como companheiro de chapa Fabiano Luís Klein (PP). A oposição se apresenta com Itacir Francisco Astolfi (PDT) e Osvaldo Zen (MDB), como candidatos a prefeito e vice. No município de Sertão três candidaturas devem se habilitar ao executivo: o prefeito Edson Luís Rossatto (MDB) vai buscar se reeleger tendo como vice Valmir Bocalon (MDB); o PP terá como candidatos a prefeito Marcos Antônio Gobbo e a vice-prefeito Antônio Carlos Bordinhon; e Carlos Antônio Bernieri (PSB), candidato a prefeito, e Renata Capoani a vice. E em Floriano Peixoto, o prefeito Orlei Giaretta (MDB) e o vice Odacir Malacarne (PP) concorrem à reeleição; o PT terá Vilson Babicz e Marcio Castanha como candidatos a prefeito e vice.

Curtas:

# Se depender das lideranças da maioria dos partidos do Congresso Nacional esta poderá ser a última eleição municipal com possibilidade de reeleição de prefeito.

# O mesmo deverá ocorrer, caso seja aprovada a PEC apresentada na semana passada pelo deputado Alessandro Molon (PSB-RJ), com a reeleição de governadores e presidente da república.

# O assunto tem sido debatido com vigor pelos integrantes da Câmara Federal e pautado o noticiário político.

# Em 2018, o presidente Jair Bolsonaro, então candidato pelo PSL, havia se comprometido com o fim da reeleição para o executivo.

# Os sete vereadores que integram a bancada governista na Câmara de Vereadores de Getúlio Vargas vão buscar a reeleição.

# Seis dos nove vereadores da legislatura 2017-2020 são do PP, um do PTB, e os outros dois, da oposição, do MDB.

# Uma das vereadoras do MDB será candidata à vice-prefeita, e a outra, que também estava sendo sondada para concorrer à majoritária não deverá buscar a reeleição.

# Na sessão realizada na noite de quinta-feira (17) a Câmara de Vereadores de Getúlio Vargas apreciou nove projetos do executivo e três da casa.

# Dentre os projetos, o que autoriza a doação de imóveis com encargos a Zeni Alimentos Ltda. destinado á instalação de uma unidade industrial.

# Do legislativo, o que aprova a prestação de contas dos gestores do município no exercício fiscal de 2019.

# Das três moções aprovadas uma é de repudio a reforma tributária do Estado do RS e duas de pesar pelos falecimentos de Jair Pavinatto e Marisa Angonesi.

Dito & Feito:

O relatório final da Subcomissão Mista que avaliou o projeto de Reforma Tributária no RS foi apreciado na Comissão de Finanças da Assembleia Legislativa na quinta-feira (17). Assim como na Comissão de Economia, a bancada petista apresentou declaração de voto com ressalvas. O vice-líder da bancada, deputado Pepe Vargas (PT), parabenizou o relator Giuseppe Riesgo (NOVO) pelo trabalho realizado. 

Gostou? Compartilhe