Polícias de Passo Fundo prestam homenagem à soldada morta

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

As polícias de Passo Fundo realizaram um sirenaço às 17h desta terça-feira (26) em frente à praça da Cuia em homenagem à soldada Marciele Renata dos Santos Alves, morta durante confronto com assaltantes no final da tarde de segunda-feira (25), no município de Sério, no Vale do Taquarí.

 

Marciele tinha 28 anos e era natural de Cachoeira do Sul. Desde 2012 trabalhava na Brigada Militar e atualmente estava lotada no Pelotão de Operações Especiais (POE) de Santa Cruz do Sul.

 

Ela trabalhava em um cerco montado para prender assaltantes que haviam roubado picapes em Venâncio Alves, quando foi atropelada por um dos indivíduos que estava em um dos veículos roubados. A soldada chegou a ser socorrida, mas não sobreviveu. Houve troca de tiros e três assaltantes foram mortos. 

Gostou? Compartilhe