Duas tentativas de feminicídio são registradas em dois dias

Por
· 1 min de leitura
 Crédito:  Crédito:
Crédito:
Você prefere ouvir essa matéria?

Duas tentativas de feminicídio foram registradas entre quinta (28) e sexta-feira (29) nos bairros São Luiz Gonzaga e outra dentro do Hospital das Clínicas, em Passo Fundo. Uma mulher foi esfaqueada e segue internada em estado grave e a outra foi asfixiada pelo companheiro, que invadiu o hospital. O segundo acusado foi preso.

 

Na quinta-feira (28), uma mulher de 42 anos foi esfaqueada no início da tarde. Segundo o Boletim de Ocorrências, testemunhas disseram que o autor das facadas foi o companheiro da vítima. Ela foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros ao Hospital das Clínicas e segue em estado grave.

 

Já nesta sexta-feira, a vítima deu entrada no HC com inúmeras lesões corporais. Aos policiais, a mulher disse que as agressões foram causadas pelo companheiro que a manteve em cárcere privado, a forçando a ter relações sexuais. O companheiro ainda invadiu o hospital para lhe agredir novamente, tentando asfixiar a mulher com um travesseiro.

 

Ele conseguiu fugir do local, mas foi preso em flagrante pela Brigada Militar.

 

Agressão

 

 

Na noite de segunda-feira (25), uma mulher de 38 anos também foi agredida pelo ex-companheiro, de 41 anos, dentro de casa, no bairro Leonardo Ilha. Segundo a Brigada Militar, quando os agentes chegaram à residência o homem estava segurando a vítima pelo pescoço. Ele foi preso em flagrante e encaminhado à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA).

 

À polícia, a vítima disse que tinha uma união estável com o acusado há 25 anos, mas que há três meses haviam terminado. Mesmo ela pedindo para que ele fosse embora, o homem não deixava a residência.

 

Um pedido de Medida Protetiva também já havia sido feito pela vítima, que foi agredida na segunda-feira, além de receber ameaças.

 

 

Gostou? Compartilhe