Presos de Passo Fundo fazem a prova do Enem

Por
· 1 min de leitura
Divulgação/Susepe Divulgação/Susepe
Divulgação/Susepe
Você prefere ouvir essa matéria?

Começou hoje (23) a aplicação das provas do Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM 2020) no sistema prisional gaúcho. A iniciativa faz parte de uma ação nacional voltada às pessoas privadas de liberdade ou sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade.

No Rio Grande do Sul, 42 casas prisionais participaram do processo no primeiro dia de aplicação das provas, totalizando 941 inscritos do sistema prisional, marca que supera o ano de 2018, quando foram inscritos 879 participantes também em 42 estabelecimento prisionais.

Em Passo Fundo as provas foram aplicadas no Presídio Regional e no Instituto Penal, entretanto o número de presos que fizeram a prova no município não foi divulgado de forma oficial pois até o final da tarde de terça-feira não haviam sido contabilizadas as abstenções.

Na operacionalização do ENEM 2020, o responsável pedagógico, o chefe de sala e o aplicador são servidores indicados pela direção da unidade prisional, sendo o coordenador de local indicado pela Fundação Cesgranrio, responsável pela aplicação na prova no Rio Grande do Sul.

Desde 2017, o ENEM voltado para este público não certifica mais o ensino médio, servindo para pleitear vagas no ensino superior público pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para concorrer a bolsas no ensino superior privado pelo Programa Universidade para Todos (Prouni) e para obter financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).As matrículas e os encaminhamentos aos acessos mencionados são responsabilidade do responsável pedagógico de cada unidade. As provas serão aplicadas também na quarta-feira (24).


Gostou? Compartilhe