Cotrijal é reconhecida pela produção de sementes

Por
· 1 min de leitura
O presidente da Cotrijal, Nei César Mânica, recebeu placa em nome da cooperativa durante evento do setor sementeiro, nesta segunda, em Santana do LivramentoO presidente da Cotrijal, Nei César Mânica, recebeu placa em nome da cooperativa durante evento do setor sementeiro, nesta segunda, em Santana do Livramento
O presidente da Cotrijal, Nei César Mânica, recebeu placa em nome da cooperativa durante evento do setor sementeiro, nesta segunda, em Santana do Livramento
Você prefere ouvir essa matéria?

Há 60 anos buscando o melhor resultado ao produtor, a Cotrijal teve o seu trabalho reconhecido em âmbito estadual, na noite desta segunda-feira, 31, com o recebimento do mérito Empreendedorismo em Sementes.Uma placa foi entregue ao presidente da Cotrijal, Nei César Mânica, durante o 6º Encontro de Produtores de Sementes e Treinamento de Responsáveis Técnicos, maior evento do setor do Estado, que vai até esta quarta-feira, 2 de agosto, no Teatro 15 de Fevereiro, em Santana do Livramento. Em torno de 300 pessoas participam do evento.

Estamos muito felizes com a homenagem. É mais uma conquista da grande ‘família Cotrijal’. A cooperativa fez um investimento arrojado para entregar a melhor semente ao produtor e que está tendo uma excelente aceitação tanto por parte dos associados como do mercado”, agradeceu Mânica.Acompanharam o presidente na homenagem o vice-presidente, Enio Schroeder; o superintendente de Produção Agropecuária, Gelson Melo de Lima; o técnico de Produção de Sementes da Cotrijal, Valdemar Ludwig, e o engenheiro agrônomo, Robinson Barboza.

O reconhecimento à Cotrijal foi por indicação da Comissão de Sementes e Mudas do Rio Grande do Sul, do Ministério da Agricultura e da Associação dos Produtores e Comerciantes de Sementes e Mudas do Rio Grande do Sul (Apassul).

Tratamento de ponta

Produzir cada vez mais e melhor, com tecnologia e sustentabilidade, é o que move a Cotrijal. Visionária e arrojada, a cooperativa deu início, em 2016, a um trabalho ainda mais consistente na busca por melhor produtividade. A nova Unidade de Beneficiamento de Sementes da Cotrijal entrou em operação a tempo de receber a safra de 2015/2016. Considerada uma das mais modernas do país, a UBS tem capacidade para receber 720 toneladas/hora e beneficiar sementes de soja, trigo, aveia e cevada.

Gostou? Compartilhe