Região de Passo Fundo permanece sem avisos do gabinete de crise

Este é o primeiro passo do Sistema 3As de Monitoramento, com o qual o governo do Estado gerencia a pandemia no Rio Grande do Sul

Por
· 1 min de leitura
Foto: Foto: Gerson Costa Lopes/Arquivo ONFoto: Foto: Gerson Costa Lopes/Arquivo ON
Foto: Foto: Gerson Costa Lopes/Arquivo ON
Você prefere ouvir essa matéria?

A região de Passo Fundo não recebeu nenhum aviso do gabinete de crise no âmbito do Sistema 3As de Monitoramento, com o qual o governo do Estado gerencia a pandemia no Rio Grande do Sul. A única emissão foi direcionada para a região Covid de Capão da Canoa, que já havia recebido a mesma notificação nas duas últimas semanas, na tarde desta quarta-feira (13).

A última notificação para a Macrorregião Norte foi emitida em 29 de setembro. “O quadro do Estado como um todo é de estabilidade. As projeções apontam a manutenção do número de internados que temos hoje, tanto em leitos clínicos como em UTIs. Temos, portanto, uma situação específica na região de Capão da Canoa que preocupa um pouco mais. Dessa forma, vamos seguir monitorando e acompanhando de perto, com a expectativa de que os números melhorem na próxima semana, mas mantendo a cautela”, afirma o coordenador do GT Saúde, Pedro Zuanazzi, diretor do Departamento de Economia e Estatística (DEE) da Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão (SPGG) à Agência EstadoRS.


Gostou? Compartilhe