Pacto pela redução de acidentes

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

O Pacto Nacional pela Redução de Acidentes prevê uma série de ações preventivas para combater a violência do trânsito. A principal medida é realizar campanhas permanentes de conscientização, que antes eram sazonais. Para integrar as ações do governo federal, o Ministério da Saúde autorizou novos repasses no valor de R$ 12,8 milhões ao Projeto Vida no Trânsito. Isso permitirá aos estados e municípios ampliar as políticas de prevenção de mortes no trânsito por meio da qualificação das informações de óbitos, monitoramento, acompanhamento e avaliação das ações, a partir de fatores de risco, como velocidade e consumo de álcool.

No ano passado, pelo Sistema Único de Saúde (SUS), foram feitas 153 mil internações por causa de acidentes de transporte terrestres. Para atender de maneira mais eficiente as vítimas, o Ministério da Saúde colocou em consulta pública a Linha de Cuidado do Trauma na Rede de Atenção às Urgências e Emergências, que prevê a habilitação de centros específicos e define diretrizes clínicas para o tratamento de pacientes. A medida visa aperfeiçoar o atendimento a vítimas de acidentes na medida em organiza os serviços e agiliza o acolhimento aos acidentados que apresentam quadros mais graves de saúde.

 

 

Gostou? Compartilhe