Programa Qualifica Trans oferece capacitação profissional para pessoas transexuais e travestis

Em Passo Fundo, cinco vagas foram abertas para o aprendizado de Informática Fundamental Office Mobile

Por
· 1 min de leitura
Foto: FreepikFoto: Freepik
Foto: Freepik
Você prefere ouvir essa matéria?

As inscrições para o programa Qualifica Trans foram abertas até 14 de maio. Ofertando cinco vagas para o aprendizado de Informática Fundamental Office Mobile em Passo Fundo, o objetivo do governo do Estado é promover a capacitação profissional de pessoas transexuais e travestis em diversos municípios do Rio Grande do Sul.

Ao todo, serão ofertadas 127 vagas gratuitas nos cursos de Design de sobrancelhas (30 horas), Informática fundamental Office e Mobile (60 horas), Preparando-se para o primeiro emprego (21 horas) e Preparo de bolos e tortas (20 horas) do Senac-RS. As vagas estão distribuídas em 18 municípios.

Para participar dos cursos, é necessário ter o Ensino Fundamental completo. A iniciativa visa à inserção de pessoas transexuais e travestis no mercado de trabalho de maneira rápida, possibilitando uma vida melhor por meio da qualificação profissional.

"O acesso ao mercado de trabalho é essencial para a sobrevivência de mulheres e homens transexuais. É um passo na luta contra o ódio e a violência, que nos invisibiliza e nos priva de uma vivência digna", afirmou a secretária adjunta da Cultura e mulher trans, Gabriella Meindrad em entrevista à Agência EstadoRS.

“Os cursos oferecidos pelo Qualifica Trans possibilitam uma melhoria de vida da população de travestis e transexuais em situação de vulnerabilidade social, tão carentes de oportunidades no mercado formal de trabalho. Nosso desejo é de que essas ações tenham um impacto positivo para as alunas e os alunos selecionados. Com certeza essa é só a primeira edição do projeto”, disse a coordenadora interina de Diversidade Sexual da SJCDH, Gabriela Lorenzet.


Gostou? Compartilhe