Vendas do Dia das Mães crescem 40% em comparação com 2020

Balanço positivo não representa crescimento histórico

Por
· 1 min de leitura
Os estabelecimentos que apresentaram maior alta foram os comércios de confecções de roupas (Foto: Luciano Breitkretiz/Arquivo)Os estabelecimentos que apresentaram maior alta foram os comércios de confecções de roupas (Foto: Luciano Breitkretiz/Arquivo)
Os estabelecimentos que apresentaram maior alta foram os comércios de confecções de roupas (Foto: Luciano Breitkretiz/Arquivo)
Você prefere ouvir essa matéria?

O Dia das Mães de 2021 apresentou aumento de 40% nas vendas comparado com o ano anterior. As vendas alcançaram as expectativas dos lojistas. Os estabelecimentos que apresentaram maior alta, como esperado, foram os comércios de confecções de roupas para o dia-a-dia com aumento de 10%. Os dados foram divulgados pela CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) de Passo Fundo.

A data é considerada como a segunda mais importante para o comércio, ficando atrás apenas do natal. O balanço positivo não representa um crescimento histórico, pois fazendo um comparativo entre o Dia das Mães de 2021 e a mesma data em 2019, quando as lojas também estavam abertas, o crescimento médio foi de apenas 3%.

“Os números deste ano são bons, comparados com o ano passado, mas o comércio em geral ainda aguarda a retomada das atividades, para melhorar os resultados históricos. Além disto, é importante destacar, que a inflação acumulada de 9% dos últimos 24 meses, não nos permite considerar um aumento real considerável”, destaca o presidente da CDL Sérgio Giacomini. O presidente da entidade ainda defende a manutenção do atendimento presencial para que as vendas retornem aos patamares anteriores à pandemia.

Gostou? Compartilhe