Prefeitura amplia número de castrações pelo Programa É o Bicho

Com novo processo de credenciamento, será possível realizar 200 procedimentos mensais

Por
· 1 min de leitura
Desde que o Programa É o Bicho teve início, foram castrados 5.675 animais (Foto: Arquivo/Divulgação)Desde que o Programa É o Bicho teve início, foram castrados 5.675 animais (Foto: Arquivo/Divulgação)
Desde que o Programa É o Bicho teve início, foram castrados 5.675 animais (Foto: Arquivo/Divulgação)
Você prefere ouvir essa matéria?

O número de castrações gratuitas disponibilizadas pela Prefeitura de Passo Fundo a partir do Programa É o Bicho foi ampliado. Com a efetivação de um novo processo de credenciamento de clínicas veterinárias, o Município conseguiu baixar o valor dos procedimentos, viabilizando um aumento no volume dos serviços com o mesmo valor mensal aplicado.

No início do ano, o Município estendeu o valor destinado às castrações, que passou para R$ 25 mil mensais. A partir do novo processo, com quatro clínicas prestadoras do serviço, serão cerca de 200 procedimentos mensais.

Uma das protetoras que contam com castrações pela Prefeitura é Doris Flores. Na causa há 35 anos, ela retira das ruas cerca de mil animais todos os anos. “Estou feliz com os avanços recentes na nossa cidade em prol da cauda animal. Nós estamos caminhando para soluções. A castração é uma solução para o controle de natalidade, além de contribuir com a comunidade ao evitar zoonoses”, destaca.

Desde que o Programa É o Bicho teve início, em 2014, foram castrados 5.675 animais, entre cães e gatos. De acordo com o prefeito, um dos objetivos da gestão é progredir nas políticas públicas voltadas ao bem-estar animal, em castrações e em demais ações de proteção. “Junto com a Secretaria de Meio Ambiente, a Câmara de Vereadores e as protetoras, estamos dialogando e fortalecendo a nossa atuação enquanto Município, uma vez que entendemos que as ações beneficiam toda a cidade”, avalia.

Solicitações são realizadas a partir da Secretaria de Meio Ambiente

Conforme a secretária de Meio Ambiente, Gabriela Engers, as castrações gratuitas são disponibilizadas a animais resgatados ou acompanhados por protetores independentes e a animais de pessoas inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) da assistência social. “Em decorrência da pandemia, nós não estamos com o ônibus do É o Bicho circulando pelos bairros, mas as castrações continuam sendo efetuadas a partir de contato com a secretaria. Nós recebemos as solicitações e estruturamos uma fila para atender à demanda”, explica.

As pessoas que se enquadram no público atendido pelo programa podem entrar em contato com a Secretaria de Meio Ambiente para obter informações e solicitar castrações. O telefone é (54) 3317-2529.

Gostou? Compartilhe