Atrações para curtir em janeiro

Programação no município inclui cinema, música, fotografia e artes visuais

Por
· 2 min de leitura
Exposição ?EURoeCéus de Passo Fundo?EUR?Exposição ?EURoeCéus de Passo Fundo?EUR?
Exposição ?EURoeCéus de Passo Fundo?EUR?
Você prefere ouvir essa matéria?

Exposição “Situado”
A Galeria Estação da Arte recebe, até o dia 9 de fevereiro, a exposição “Situado”, de autoria da estudante de Artes Visuais e tatuadora Giula Cittolin – a artista foi uma das selecionadas no edital de Artes Visuais da Prefeitura de Passo Fundo. Propondo uma reflexão sobre indivíduo em situações solitárias e de convívio social, nesta exposição, Giulia reúne pinturas, fotografias, ilustrações e trabalhos audiovisuais. A visitação é gratuita e acontece das 17h30min à 21h.



Cinema brasileiro contemporâneo
Com a intenção de apresentar um panorama crítico do cenário cinematográfico brasileiro dos últimos 20 anos, o realizador e pesquisador audiovisual Luiz Todeschini ministra, neste sábado (11) e domingo (12), o curso “Cinema brasileiro contemporâneo: modos de ver, pensar e filmar”. A atividade acontece na Casa de Cultura Vaca Profana e, em ambos os dias, inicia às 17h30min. Mestrando em Cinema e Audiovisual, Todeschini traça em seu curso as principais transformações do período a fim de pôr em perspectiva os filmes mais significativos e, através deles, mobilizar ideias, processos de realização, dramaturgias e linguagens fílmicas, temas em evidência, estratégias de financiamento, circuitos de consagração e aportes estéticos, sociais, éticos e políticos. A proposta busca esboçar alguns conceitos fundamentais evidenciando a diversidade de produções em suas mais distintas materialidades e formas de pensar cinema. A inscrição custa R$40 e pode ser feita pelas redes sociais da Vaca Profana.



Mostra cinematográfica
Em homenagem ao pioneiro da Nouvelle Vague e um dos mais importantes nomes do cinema mundial, o cineasta Jean-Luc Godard, a Casa de Cultura Vaca Profana lança uma mostra cinematográfica de férias, exibindo três de seus maiores clássicos. A atividade aproveita para homenagear também a atriz Anna Karina, falecida em 14 de dezembro de 2019, e um ícone dos filmes de Godard. As exibições acontecem sempre às quartas-feiras, às 19h30min. A entrada custa R$ 5 para cada noite.


8 de Janeiro: O Acossado (1961)
Michel Poiccard, ladrão de carros, anarquista, mata o policial que o perseguia em uma moto. Em Paris, ele encontra a sua amiga americana Patricia Franchini, que vira seu amante.

15 de Janeiro: A Chinesa (1967)
Quatro jovens passam suas férias de verão em um apartamento emprestado. Eles querem mudar o mundo por meio do comunismo, mas também utilizando do terrorismo se necessário.

22 de Janeiro: O Demônio das Onze Horas (1965)
Para escapar de uma sociedade entediante, Ferdinand Griffon viaja com Marianne. Ela é perseguida por argelinos. Os dois iniciam uma onda de crimes que vai da França ao Mediterrâneo e termina com um banho de sangue.

Exposição “Céus de Passo Fundo”
Os céus de Passo Fundo são o tema de uma nova exposição organizada pelo fotógrafo Diogo Zanatta. A mostra fotográfica reúne 20 imagens, dispostas em cavaletes e vidros do espaço cultural Nicoleit e Oro, localizada no 1° Tabelionato de Passo Fundo. A abertura acontece nesta segunda-feira (13), às 17h, e a visitação pode ser feita de maneira gratuita por toda a comunidade de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. A realização é do Instituto Histórico de Passo Fundo.



Impressões fotográficas
Comemorando dez anos de atividade, o coletivo cultural Grupo da Foto realiza a 2ª edição do “Impressões Fotográficas”. O evento é gratuito e, desta vez, tem como temática “A fotografia entre a técnica e a filosofia”. O bate-papo acontece com os professores universitários Francisco Fianco e Alexandro Vaz, ambos formados em Filosofia. Fianco é professor da Universidade de Passo Fundo e Vaz é professor de faculdades em Goiânia, além de fotógrafo. A atividade acontece na próxima terça-feira (14), às 19h, na arena do Instituto Histórico de Passo Fundo.



No Quintal da Casa
No dia 18 de janeiro, sábado, o quintal da Casa de Cultura Vaca Profana serve de palco para o músico Ihago Jury (Los Marias), que tocará um repertório intimista, com canções autorais e versões de músicas que fizeram parte de sua trajetória musical. Desta vez, quem acompanha Ihago é o colega de banda Milton Roque. A partir das 17h. A entrada custa R$10.


Gostou? Compartilhe