Aurora Alimentos adquire estrutura da Agrodanieli

Por
· 1 min de leitura
Divulgação/ON Divulgação/ON
Divulgação/ON
Você prefere ouvir essa matéria?

A Cooperativa Central Aurora Alimentos adquiriu a  estrutura de produção de aves do Grupo Agrodanieli, sediada em  Tapejara.O negócio inclui a compra de cinco unidades produtivas, sendo: Frigorífico de aves, localizado em São Domingos (município de Tapejara/RS), com capacidade para abate de 155 mil aves/dia; Frigorífico de aves, situado em São Silvestre (município de Tapejara/RS), com capacidade de abate de 50 mil aves/dia; Fábrica de subprodutos instalada em Tapejara; Fábrica de rações que funciona em Tapejara, com capacidade estática de produção para 70 toneladas/hora; Incubatório de aves, localizado em Ibiaçá, com capacidade aproximada de 1,7 milhão de ovos/semana.

Também entrou no negócio a aquisição de uma estrutura de armazenagem de grãos com capacidade de 110.000 toneladas. A Aurora assumirá a operação da estrutura agroindustrial recém-adquirida no início do mês de maio. A força de trabalho atualmente ocupada no segmento de aves da Agrodanieli será mantida. Os cerca de 2mil trabalhadores diretamente empregados nessa estrutura de produção serão assumidos pela Aurora.

Por outro lado, com a transferência da estrutura de produção avícola para a Cooperativa Central Aurora Alimentos, os criadores de aves que formam a base produtiva da Agrodanieli serão associados a uma das cooperativas agropecuárias do Sistema Aurora e, assim, passam a ser produtores rurais cooperados.

Atendendo previsão contida na legislação vigente, o negócio jurídico será oportunamente apreciado pelo CADE - Conselho Administrativo de Defesa Econômica. Com a aquisição dos ativos mencionados, a Cooperativa Central Aurora Alimentos reafirma seu compromisso com os investimentos de modernização das indústrias, aperfeiçoamento de processos e melhoria contínua das condições de produção e trabalho, tudo isso emoldurado por uma política de sustentabilidade, calcada na valorização da vida, na defesa ambiental e na integração comunitária.

O noroeste gaúcho pode continuar contando com a Aurora para o seu desenvolvimento social e econômico sustentado.

Gostou? Compartilhe