Mulher é presa por manter casa de prostituição de menores em Marau

Casa de prostituição funcionava no centro da cidade. Os policiais encontraram uma jovem de 17 anos no local

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Na tarde desta quinta-feira, a Polícia Civil de Marau efetuou a prisão de uma mulher de 35 anos suspeita de agenciar menores em uma casa de prostituição. O estabelecimento funcionava no porão de uma residência localizada na avenida Júlio Borella, centro de Marau. De acordo com informações do setor de investigações da Polícia Civil, Inspetor Marcos Pradegan, a mulher foi presa em flagrante após informações de que ela agenciava menores para efetuar programas. Ao chegar ao local foi constatada a presença de uma menina de 17 anos. Juntamente com a jovem foi apreendido em torno de R$ 450,00 em moeda corrente além de objetos utilizados nos programas. A jovem possuía registro de desaparecimento efetuado pela mãe há poucos dias e estaria orientada a informar de que sua presença no local era devido a manter um relacionamento com o filho da proprietária, também menor de idade. “O delito é consideravelmente alto o que prevê pena de 4 a 8 anos. O crime é inafiançável”, acrescentou o inspetor.

Ainda de acordo com a polícia, no local funcionava um bar sem alvará e liberação de funcionamento. Na estrutura do prédio existia quartos onde eram realizados os programas que chegavam a custar até R$ 80,00.

Após ser lavrado o flagrante a mulher foi encaminhada ao Presídio Regional de Passo Fundo e a menor devolvida a sua família.

Fonte: Vang/JM

Gostou? Compartilhe