Suspeito de assassinar adolescente ainda não foi localizado

Até o momento, seis pessoas foram ouvidas para o inquérito

Por
· 1 min de leitura
 Crédito:  Crédito:
Crédito:
Você prefere ouvir essa matéria?

O suspeito de ter assassinado adolescente Patrick Maciel Pacheco, de 14 anos, na noite de domingo (4) no bairro São Luiz Gonzaga ainda não foi localizado pela Polícia Civil. Ele foi identificado no início da semana pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que aguarda seu depoimento.

 

Até o momento, seis pessoas já foram ouvidas para o inquérito.

 

O suspeito é maior de idade e possui passagens no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) e no Presídio Regional de Passo Fundo (PRPF).

 

De acordo com o investigador Volmar Menegon, da DHPP, a polícia suspeita que a motivação do crime tenha sido por desavenças e envolvimento com drogas. 

 

Crime

 

 O adolescente foi encontrado morto em uma trilha que dá acesso a uma ocupação do bairro São Luiz Gonzaga por volta das 20h de domingo (4) por um conhecido da família. A trilha fica entre a ponte e o presídio. 

 

De acordo com o Boletim de Ocorrências, Patrick usava um capuz e tinha uma marca de disparo de arma de fogo na cabeça. Ele ainda estava com vida quando foi encontrado, mas sangrava muito e agonizava.

 

 Após encontrar Patrick, o indivíduo foi à casa da família do adolescente e avisou o seu irmão.

 

 O adolescente havia completado 14 anos em fevereiro deste ano e morreu por volta da 1h30 de segunda-feira (5) no Hospital da Cidade.

Gostou? Compartilhe