Pivô do Corinthians Futsal é assassinado em Erechim

Douglas Nunes foi atingido com disparos de arma de fogo após sair de uma festa

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

O jogador Douglas Nunes, de 27 anos, pivô do Corinthians Futsal, foi morto com disparos de arma de fogo na madrugada deste domingo (11), em Erechim.

 

A equipe estava na cidade onde disputou no sábado uma vaga na final da Taça Brasil de Futsal 2019 conta a equipe do Atlântico e permaneceu pois teria mais um confronto, também contra o Atlântico, na quarta-feira, mas pela Liga Nacional de Futsal. 

 

Segundo informações locais, após o jogo, que teve derrota de 5 a 2 para a equipe paulista, atleta foi a uma boate na cidade, na Avenida Sete de Setembro, e se envolveu em uma discussão junto com outros jogadores.

 

Na saída da festa um carro teria se aproximado e feito disparos contra o grupo. Douglas foi o único atingido.

 

Nas redes sociais, a equipe lamentou a perda. “O Sport Club Corinthians Paulista lamenta o falecimento do jogador Douglas Nunes, do futsalalvinegro, durante esta madrugada. Força aos familiares e amigos nesse momento tão difícil”, publicou o Clube.

 

Devido à tragédia, o Departamento de Futsal do Clube Esportivo e Recreativo Atlântico, de Erechim, emitiu uma nota comunicando o adiamento do título da Taça Brasil de Clubes e Futsal, que aconteceria na tarde deste domingo.

 

O jogo final entre o Atlântico e a ACBF, de Carlos Barbosa, acontecerá na próxima terça-feira, dia 13, 19h, mantendo-se o local, o Ginásio do CER Atlântico, em Erechim, RS.

 

Os ingressos adquiridos pelos torcedores de forma antecipada permanecem em vigor.

Gostou? Compartilhe