Polícia investiga homicídio de mulher em Carazinho

Suélen Martins, 24 anos, estava desaparecida desde o dia 26 de fevereiro e seu corpo foi localizado enterrado na casa do suspeito de cometer o crime

Por
· 1 min de leitura
Divulgação/PCDivulgação/PC
Divulgação/PC
Você prefere ouvir essa matéria?

A Polícia Civil de Carazinho investiga um homicídio que aconteceu no município. Na tarde de ontem (23) um corpo foi encontrado enterrado na garagem de uma residência localizada na rua Almirante Tamandaré. Os policiais chegaram até o local durante a investigação do desaparecimento da jovem Suélen Martins, de 24 anos, sumida desde o dia 26 de fevereiro.

Durante a investigação do sumiço da jovem, os policiais passaram a trabalhar com a hipótese de um homicídio, onde o suspeito seria um homem de 39 anos, com quem ela teve um relacionamento. O suspeito já está preso preventivamente. Ontem, a polícia recebeu informações de que o corpo da jovem estaria enterrado na casa dele. Durante buscas, os policiais perceberam que embaixo de um tapete, na garagem, havia cerâmica removida. Eles escavaram e encontraram o corpo envolto em uma lona, enterrado em uma profundidade de aproximadamente 30 centímetros.

A Polícia Civil confirmou que o corpo se trata da jovem desaparecida, entretanto, ainda há necessidade de aguardar os Laudos do Instituto Geral de Perícias para confirmar as causas da morte. 

Gostou? Compartilhe