Pedro Almeida e ex-prefeito Luciano Azevedo pedem desfiliação do PSB

Em nota, os políticos comunicaram que devem se filiar ao PSD

Por
· 1 min de leitura
(Foto: Alex Borgmann/Divulgação)(Foto: Alex Borgmann/Divulgação)
(Foto: Alex Borgmann/Divulgação)
Você prefere ouvir essa matéria?

O prefeito de Passo Fundo, Pedro Almeida, e o ex-prefeito Luciano Azevedo anunciaram, nesta terça-feira (8), que encaminharam pedido de desfiliação do PSB. De acordo com nota, eles não concordam com os movimentos do partido, que demonstra tendência de guinada à esquerda.

“Meu foco neste momento é o enfrentamento da pandemia e não a política, mas eu e o ex-prefeito Luciano pensamos da mesma forma: somos contra a polarização e o radicalismo. Não concordamos com o alinhamento do partido à esquerda”, observou Pedro. Luciano também enfatizou a opção por um caminho alternativo. “Não queremos ódio e nem brigas, queremos convergência e diálogo. Por isso, comunicamos hoje nossa desfiliação do PSB. Queremos um caminho de centro, que seja bom para a maioria e bom para o Brasil”, declarou.

A direção estadual do PSB já foi comunicada da decisão, de acordo com o comunicado. Passo Fundo era a principal cidade administrada pelo partido no Estado. A tendência é que Pedro e Luciano filiem-se ao PSD, que vem buscando candidatura própria em nível nacional, com posicionamento mais ao centro, de acordo com a nota. Pedro filiou-se pela primeira vez em um partido no ano passado, para concorrer a prefeito.

Gostou? Compartilhe