Indígenas denunciam expulsão de família em reserva Kaingang

Na sexta-feira (24), houve protesto em frente ao MPF pedindo por mais segurança dentro da Reserva da Serrinha

Por
· 1 min de leitura
Foto: Gerson Lopes/ONFoto: Gerson Lopes/ON
Foto: Gerson Lopes/ON
Você prefere ouvir essa matéria?

Indígenas denunciaram, neste sábado (25), a expulsão de uma família da Reserva da Serrinha, em Ronda Alta. Na sexta-feira (24), houve protesto em frente ao prédio do Ministério Público Federal (MPF) de Passo Fundo pedindo por mais segurança dentro das terras Kaingang.

Segundo os moradores, as ameaças teriam partido do cacique e havia risco de conflito caso o integrante do Conselho dos Anciãos, Valdir Mig Carvalho, não cumprisse a determinação de deixar a reserva junto com a família até às 4h deste sábado. "Entraram na minha casa às 7h da manhã. Tinha meu filho com a esposa e minha neta de 4 meses. A liderança prometeu que não usaria violência e não expulsaria ninguém, mas está aí. Amanhã eles vão pegar mais quem?", relatou Marciano Fortes.

O atrito teria iniciado a partir de algumas contestações e denúncias feitas por Mig à conduta do cacique.


Gostou? Compartilhe