Justiça bloqueia pagamento aos ex-funcionários da Semeato

este valor, aproximadamente R$ 380 mil chegou a ser sacado

Por
· 1 min de leitura
(Foto: Divulgação/Redes Sociais SindMetal)(Foto: Divulgação/Redes Sociais SindMetal)
(Foto: Divulgação/Redes Sociais SindMetal)
Você prefere ouvir essa matéria?

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) deferiu recurso (tutela cautelar) ingressado pelos advogados da Semeato, e suspendeu o pagamento aos ex-funcionários da empresa. Os alvarás liberando parte do pagamento, no total de R$ 6,2 milhões, referente à venda de 13 imóveis em maio do ano passado, já haviam sendo encaminhados para o banco na quarta-feira, após decisão do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região. Deste valor, aproximadamente R$ 380 mil chegou a ser sacado para o pagamento dos primeiros da lista, antes da decisão do TST. Com a nova decisão, os trabalhadores terão de aguardar o julgamento do agravo de instrumento na instância superior.

Gostou? Compartilhe