Centro digital abre as portas para a cultura geek

Espaço PRISMA é inaugurado no Parque da Gare com salas tecnológicas de educação

Por
· 1 min de leitura
Luciano Breitkreitz/ON Luciano Breitkreitz/ON
Luciano Breitkreitz/ON
Você prefere ouvir essa matéria?

Cinco ambiências para percorrer narrativas de personagem que perpassam a cultura digital e abrangem os principais ícones do universo geek. O Espaço PRISMA, inaugurado na quinta-feira (17) no Parque da Gare, abriu as portas para a imersão educativa adotando a tecnologia como aliada do aprendizado de jovens e adultos no município.

Órgão administrativo vinculado à Secretaria de Educação de Passo Fundo, a construção é um espaço disruptivo de aprendizagem criativa, de criação, convergência e difusão de conhecimento com ênfase na dimensão do impresso às múltiplas modalidades, segundo explicou a coordenadora do PRISMA, Gutta D’Arienzio. “É um espaço inovador e muito dinâmico voltado aos novos modos de ler e escrever na era digital”, afirmou.

Dos clássicos literários, como Game Of Thrones, passando pela área voltada à criação utilizando a robótica e programação à sala de jogos de tabuleiro, RPG e games para console e computador, o PRISMA será aberto ao público, de forma gratuita, após a pandemia, como mencionou Gutta. "A pessoa participa de uma aventura ao ingressar aos ambientes. Para as escolas, preparamos expedições”, disse ela. Com investimento de R$ 600 mil da iniciativa privada somados aos R$ 200 mil aportados pelo Poder Público Municipal, o espaço começou a ser projetado há dois anos para promover o diálogo entre as distintas áreas do conhecimento, na perspectiva da interdisciplinaridade, ludicidade e do entretenimento.

Os cadastros para acessar as ambiências da cultura geek devem ser feitos através do portal online.

Foto: Divulgação


O que tem no espaço

O Espaço PRISMA desenvolverá atividades a partir de narrativas que perpassam jogos de tabuleiro, RPGs, de cartas, eletrônicos, computadores, tablets, TVs, impressora 3D, kits de robótica, lousa digital, literatura infantil, juvenil e adulta, periódicos digitais e impressos, histórias em quadrinhos e mangás.


Gostou? Compartilhe