Instagram, Whatsapp e Facebook seguem em pane

Alguns usuários afirmam que começaram a conseguir acessar as plataformas no final da tarde

Por
· 1 min de leitura
O Whatsapp é o aplicativo de mensagens mais utilizado no Brasil (Foto: Alexander Shatov on Unsplash)O Whatsapp é o aplicativo de mensagens mais utilizado no Brasil (Foto: Alexander Shatov on Unsplash)
O Whatsapp é o aplicativo de mensagens mais utilizado no Brasil (Foto: Alexander Shatov on Unsplash)
Você prefere ouvir essa matéria?

As redes sociais do Facebook seguem indisponíveis. As falhas começaram no início da tarde de hoje (04) e até o início da noite o acesso não foi normalizado. Alguns usuários, entretanto, afirmam que já estão conseguindo realizar o acesso. O Facebook, Instagram e Whatsapp apresentam uma falha ainda não detalhada pelo conglomerado.

Outras plataformas sociais, como o Telegram e o Twitter, apresentaram instabilidades e funcionam de maneira intermitente. No Twitter, a queda das demais redes sociais ocupa os assuntos do momento. O perfil oficial chegou a brincar com a situação saudando todos que buscaram o Twitter.


Entenda a situação

Pouco antes das 17h, Mike Schroepfer, oficial-chefe de tecnologia do Facebook, publicou um pedido de desculpas para os usuários impactados pelo que classificou como “erros de rede”.

A falha generalizada no acesso mostra para os usuários uma mensagem de erro no domain name system (DNS) - a tecnologia que liga o endereço usado para se chegar aos sites internet protocols (IPs) dos servidores correspondentes que hospedam o conteúdo das páginas.

Na prática, é como se os números de telefone dos serviços do Facebook tivessem sido apagados da gigantesca agenda da internet. O gestor do DNS do Facebook e dos demais serviços é o próprio Facebook, o que pode significar que uma atualização malsucedida ou um erro grave nos principais servidores das redes sociais possa ter acontecido.

Segundo os números da Nasdaq - a bolsa de valores do mercado de tecnologia -, o Facebook perdeu cerca de 5,34% de valor de mercado até o momento com a falha. Isso equivale a cerca de US$ 50 bilhões - o valor total estimado da rede social Twitter.

As ações do Facebook estão cotadas a US$ 326,23 - uma queda de 4,9%.

Com informações da Agência Brasil

Gostou? Compartilhe