Bombeiros tem semana dedicada a prevenção contra incêndio e pânico

Uma série de atividades ocorrem até sexta-feira (2), Dia Nacional do Bombeiro

Por
· 1 min de leitura
 O objetivo é passar orientações, a fim de reduzir o número de ocorrências (Foto: Arquivo/ON) O objetivo é passar orientações, a fim de reduzir o número de ocorrências (Foto: Arquivo/ON)
O objetivo é passar orientações, a fim de reduzir o número de ocorrências (Foto: Arquivo/ON)
Você prefere ouvir essa matéria?

A Semana de Prevenção Contra Incêndio e Pânico iniciou na segunda-feira (28) e o Corpo de Bombeiros Militar (CBMRS) preparou uma série de atividades que se estendem até sexta-feira (2), Dia Nacional do Bombeiro. Além das várias ações realizadas nos Batalhões de Bombeiro Militar (BBMs) de todo o Estado, a corporação realizará um circuito de lives para debater temas relacionados ao trabalho de proteção da sociedade. 

A programação foi pensada respeitando as medidas de prevenção contra a Covid-19, priorizando ações na esfera digital. Serão quatro transmissões ao vivo no canal oficial do CBMRS no YouTube, voltadas ao público interno e externo, com mediadores da instituição. Também haverá a divulgação de um vídeo institucional durante a entrega de espadim para os alunos-oficiais da corporação, no Ginásio Gigantinho, na Capital, que encerra as atividades no dia 2 de julho, marcando a data comemorativa dos profissionais combatentes do fogo. A solenidade terá transmissão ao vivo pelo Instagram do CBMRS.

As lives ocorrerão sempre às 17h. Os temas abordados serão "Atendimento pré-hospitalar no salvamento veicular", "Combate a incêndio urbano e em vegetação", "Salvamento vertical em situações críticas" e "Produtos perigosos em rodovias".

A Semana de Prevenção Contra Incêndio e Pânico foi instituída pelo Decreto Federal nº 35.309, de 2 de abril de 1954. O seu texto trata sobre “a necessidade de ser ensinada ao povo, pelos nossos bombeiros, a prática de medidas preventivas capazes de evitar a ocorrência de sinistros de proporções catastróficas”. O objetivo é passar orientações, a fim de reduzir o número de ocorrências que necessitem do emprego do Corpo de Bombeiros ou diminuir suas proporções.

Gostou? Compartilhe