Prefeitura trabalha para acelerar efetivação do Hospital Dia da Criança

Por
· 2 min de leitura
Foto: Michel Sanderi/PMPFFoto: Michel Sanderi/PMPF
Foto: Michel Sanderi/PMPF
Você prefere ouvir essa matéria?

Após o Estado ter confirmado novos investimentos de R$ 9,1 milhões para o Hospital Municipal, prefeito pediu agilidade na execução do cronograma de obras para entregar o programa o mais breve possível. Com as obras, os atendimentos pediátricos realizados no Pronto Atendimento Pediátrico (PAP), instalado na instituição, passarão a ser feitos, provisoriamente, no CAIS Fragomeni, a partir de segunda-feira (02)

O prefeito de Passo Fundo, Pedro Almeida, reuniu, na manhã desta sexta-feira (30), a direção do Hospital Beneficente Dr. César Santos e os secretários das pastas de Gestão, Planejamento, Saúde e Inovação e Captação de Recursos, para orientar agilidade na construção dos cronogramas e na execução das obras de efetivação do Hospital Dia da Criança e da Nova Emergência no Hospital Municipal, contempladas com novos investimentos de R$ 9,1 milhões, anunciados nesta semana pelo governador do Estado, Eduardo Leite.

De acordo com o prefeito, a confirmação dos repasses estaduais para o Município representa a consolidação de um projeto global que vem sendo trabalhado desde a gestão do então prefeito, Luciano Azevedo. “O governo anterior deu início a este processo de remodelação e revitalização do nosso Hospital Municipal. Agora, nós estamos trabalhando com muito empenho e dedicação para qualificarmos o atendimento, implementando o Hospital Dia da Criança e a Nova Emergência. Precisamos de celeridade neste momento, porque a confirmação do repasse de recursos é o que vínhamos pleiteando para dar prosseguimento ao nosso projeto”, defendeu Pedro.

Segundo ele, a revisão dos cronogramas das obras é importante para o ajuste de prazos e do planejamento que vem sendo aplicado à instituição. “São diversas frentes de trabalho que estão em andamento e que precisam convergir no mesmo ponto, que é a entrega dessa obra o mais breve possível”, declarou o prefeito.

Para o diretor do Hospital Municipal, Roger Teixeira Borges, os novos investimentos confirmados pelo Estado garantem os recursos necessários para a realização das obras estruturais previstas para a ampliação do atendimento pediátrico, da emergência hospitalar e também a modernização dos equipamentos das alas da instituição. “Estamos comprometidos com estas obras e vamos seguir trabalhando com muita dedicação”, reafirmou Borges.


Mudança no PAP

De acordo com a secretária de Saúde, Cristine Pilati, com a destinação das verbas do Estado e a revisão dos planejamentos das obras no Hospital Municipal, os atendimentos do Pronto Atendimento Pediátrico (PAP), instalados e oferecidos junto à instituição, serão transferidos, provisoriamente, para o CAIS Fragomeni, no bairro São Cristóvão, a partir da tarde desta segunda-feira (02). “A comunidade pode ficar tranquila que os atendimentos pediátricos continuarão ocorrendo, apenas serão transferidos provisoriamente em razão do cronograma de obras no Hospital Municipal para o CAIS no bairro São Cristóvão”, informou Cristine, detalhando que os exames laboratoriais e de imagem seguem o fluxo normal praticado atualmente. “A única alteração, no momento, é o atendimento que passará a ser feito no CAIS Fragomeni em decorrência das obras que vão resultar no Hospital Dia da Criança”.


Gostou? Compartilhe