Secretaria da Agricultura alerta para ação de golpistas que solicitam pagamentos em dinheiro

A orientação é para que as prefeituras e produtores rurais registrem boletim de ocorrência caso suspeitem de golpe

Por
· 1 min de leitura
A pasta afirma que que os convênios com o Estado nunca envolvem depósitos em dinheiro para pessoas físicas (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)A pasta afirma que que os convênios com o Estado nunca envolvem depósitos em dinheiro para pessoas físicas (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)
A pasta afirma que que os convênios com o Estado nunca envolvem depósitos em dinheiro para pessoas físicas (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)
Você prefere ouvir essa matéria?

A Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) reforçou hoje (01) o alerta para prefeituras e produtores rurais sobre a ação de golpistas que têm se apresentado como servidores do Estado e oferecido diferentes produtos e serviços em troca de depósito de valores, a título de pagamento de frete, custo de combustível e insumos em geral.

"A Seapdr enfatiza que os convênios com o Estado nunca envolvem depósitos em dinheiro para pessoas físicas. Os programas e políticas públicas são feitos por meio de convênios e termos de cooperação", destaca a pasta.

Em setembro, o golpe ocorreu no município de Inhacorá, no noroeste do Estado, e foi registrado em boletim de ocorrência na Polícia Civil. A Secretaria da Agricultura relata que tem conhecimento de casos semelhantes em Erval Grande, Constantina, Condor, Tupanci do Sul e Capão Bonito do Sul.

Conforme o comunicado, a Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs) foi acionada para que ajude a divulgar entre as prefeituras a existência desses golpes. Também em julho um ofício foi encaminhado à Secretaria da Segurança Pública e à Polícia Civil para que redobrem a atenção aos boletins de ocorrência e investiguem os responsáveis pelos crimes.

A orientação é para que as prefeituras e produtores rurais registrem boletim de ocorrência na delegacia de polícia mais próxima caso suspeitem de golpe. Mais informações podem ser obtidas no gabinete da Secretaria de Agricultura no telefone (51) 3288-6205.

Gostou? Compartilhe