OPINIÃO

21 de abril: dia marcante para Estação

Por
· 4 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Na próxima quarta-feira, dia 21 de abril, é feriado nacional. Na manhã deste mesmo dia, no ano de 1792, Joaquim José da Silva Xavier foi morto, enforcado em praça pública, no Rio de Janeiro. Tiradentes foi o único dos envolvidos na Conjuração Mineira a ser executado. Até a Proclamação da República seu nome foi relegado ao esquecimento. O novo regime, imposto no dia 15 de novembro de 1889, encontrou na sua figura o mártir cívico, religioso e antimonarquista. A contar de 1890, o dia de sua morte é feriado em todo o território brasileiro.

 

II - O 21 de abril também é o Dia do Metalúrgico, Têxtil e Funcionário Policial Civil. De igual modo, da Polícia Civil e da Criatividade e Inovação. A data foi escolhida pelo presidente Juscelino Kubitschek para a inauguração de Brasília, em 1960. E, também neste dia, no ano de 1988, o governador Pedro Simon assinou a Lei nº 8.572, que criou o município de Estação. Nos quatro anos em que governou o RS, Simon residiu no Palácio Piratini e, deste modo, deve ter despachado normalmente em seu gabinete naquele feriado, uma quinta-feira.

 

III - A história Estação, que vai completar 33 anos de emancipação política e administrativa dentro de cinco dias, está diretamente ligada à ferrovia. Erexim foi o nome da estação instalada no Km 123,1da linha Marcelino Ramos - Santa Maria da estrada de ferro. Desde sua inauguração, no dia três de maio de 1910 e nas décadas seguintes, foi uma das mais dinâmicas das Estações Ferroviárias e, não por acaso, me referi em artigo publicado há mais de vinte anos, como sendo a “porta de entrada da Colônia Erechim”. Com a instalação do município de Getúlio Vargas em março de 1935, seu nome foi modificado.

 

IV - Naquele mesmo mês era fundada, no dia 31, a Cooperativa de Produção de Banha Santana. Logística ainda era uma palavra incomum, mas a localização central do Bairro Estação Getúlio Vargas e a importância do transporte ferroviário de passageiros e mercadorias foram determinantes para seu progresso econômico. Nas décadas seguintes outras cooperativas seriam fundadas, dentre as quais, a Viti-Vinícola Serrana, Cootrigo e Credigel, reflexo da importância da atividade primária. Como nos primórdios, o comércio atende no tempo presente a demanda local e de toda a região. No setor industrial destaque para a metalmecânica, alimentícia, moveleira e têxtil, reconhecida no mercado nacional.

 

V - A reunião com lideranças de Estação Getúlio Vargas e dos distritos de Erebango e Ipiranga do Sul, ocorrida no dia seis de novembro de 1979, no Clube Cruzeiro do Sul, foi o embrião do processo emancipatório. Dentre as atribuições da comissão eleita, “estudar, lutar, encaminhar e proceder à emancipação”. A sede do município seria Estação. Por diversos motivos o intento ficou engavetado. A nova conjuntura política da década seguinte abriu o caminho para as emancipações. Estação Getúlio Vargas criou sua comissão em julho de 1987. O mesmo se deu em Erebango e Ipiranga do Sul. Os 3.191 eleitores de Estação foram chamados para o plebiscito ocorrido no dia 20 de dezembro do mesmo ano. O SIM recebeu 2.514 votos, e o NÃO 153. Foram 24 brancos e 13 nulos. E pela terceira e última vez o topônimo foi alterado, suprimindo o nome do município mãe.

 Curtas:

 # O projeto de Lei 2.691, do governo de Sertão, que autoriza a assinatura de Termo de Cooperação com onze municípios para gestão associada a serviços públicos, entrou na pauta da sessão do Legislativo na segunda-feira (12).

# O referido projeto, que será analisado nas comissões antes de voltar a plenário, prevê cooperação com os municípios de Estação, Erebango, Getúlio Vargas, Ipiranga do Sul, Quatro Irmãos, Pontão, Coxilha, Vila Lângaro, Charrua, Floriano Peixoto e Tapejara.

# A programação do VII Fórum Norte Gaúcho do Trigo e VIII Fórum Norte Gaúcho do Milho foi apresentado à imprensa na quinta-feira (15).

# Em formato on-line serão realizados nos dia 28, 29 e 30 de abril, com início sempre às 19h, por meio do Youtube e Facebook.

# O público alvo dos Fóruns Norte Gaúcho são os produtores rurais, técnicos agrícolas, engenheiros agrônomos, professores e acadêmicos.

# A promoção é do Sindicato Rural de Getúlio Vargas, prefeitura municipal, Accias, Emater/RS, Ideau e Associação dos Engenheiros Agrônomos.

# Quatorze projetos de lei do Executivo entraram na pauta da sessão ordinária da Câmara de Getúlio Vargas na noite de ontem.

# O de nº 046/21 pede autorização para doação de imóveis para a Montebrás Montagens Elétricas Ltda visando sua ampliação.

# De igual modo, o projeto de lei nº 051/21, que dispõe sobre a criação da Linha de Turismo de Getúlio Vargas.

# A Emater/RS-Ascar promove, em abril e maio, o Seminário Gaúcho sobre Produção de Erva-Mate.

# Diagnóstico nutricional dos ervais gaúchos será a ênfase do seminário, que será realizado de forma on-line devido a Covid-19.

# O primeiro dos cinco polos ervateiros a receber o seminário será o do Alto Uruguai, e acontece na tarde de hoje, das 13h30 às 15h, com transmissão pela página do Rio Grande Rural no Youtube.

Dito & Feito:

A vereadora e presidente do legislativo de Erechim Ana Oliveira (MDB) recebeu na manhã de quinta-feira (15), o deputado estadual Gilberto Capoani (MDB). Entre outros assuntos de interesse do município e da região, a parlamentar aproveitou para entregar em mãos pedido oficiado ao Secretário de Logística e Transportes Juvir Costela, e a direção do DAER para a implementação de um trevo de acesso ao Santuário Nossa Senhora da Santa Cruz, localizado na RS 420, Km 20 sentido Erechim a Aratiba.

Gostou? Compartilhe