OPINIÃO

Teclando - 08/09/2021

Equilíbrio da racionalidade

Por
· 2 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Equilíbrio da racionalidade

O tempo vai passando e acompanhamos a escrita da história. Então sabemos como era, como ficou e aquilo que aconteceu em determinado período. Assim, a história de cada um sedimenta-se na própria história da sociedade. Entre fatos e atos encontramos divergências, discussões, movimentos e mudanças. Esse acompanhamento, quando lógico e equilibrado, nos brinda com a maturidade social. A partir dessa ponderação enxergamos o mundo sem as distorções provocadas por algum fanatismo. É uma bela fase da vida, pois ultrapassamos a rebeldia com o bom senso. Temos o equilíbrio da maturidade sem jogar fora a energia do ímpeto. Isso é ótimo, mas todo esse equilíbrio ainda não será o suficiente se formos insensatos.

Então, voltando às nossas origens como seres humanos, somos racionais. De nada vale o equilíbrio sem a racionalidade. O discernimento é indispensável guardião nas encruzilhadas da vida. É pela lógica que somos justos e abominamos condutas com dois pesos e duas medidas. É pelo conhecimento que não repetimos erros do passado. Então, temos cautela em relação àquilo que não tenha nexo, não agimos por instinto e desviamos de estímulos coletivos. Assim, com muito equilíbrio e sem abrir mão da racionalidade, fazemos comparações e avaliações. Uma ponderação indispensável para o exercício da cidadania, respeitando instituições e preservando a legalidade para resguardar a sociedade.

Esquilinho modernizado

O Zaffari do Esquilo, também conhecido em Passo Fundo como Mercadão, foi inaugurado em 1977. Nesses 44 anos, o supermercado passou por reformulações e nunca perdeu o charme inicial. Pois bem, a boa notícia é que o Esquilo da Uruguai vai passar por um retrofit a partir do final de outubro ou início de novembro. E não será pouca coisa, pois as reformulações serão internas e externas com previsão de que as obras durem oito meses. Por fora, o estacionamento sobre a calçada da Rua 15 de Novembro dará espaço para um jardim com iluminação especial. E para aqueles que utilizam o estacionamento coberto será instalado um elevador. Por dentro, chegam as novas gôndolas utilizadas pela Companhia Zaffari e o forro será rebaixado. Tudo isso sem interromper o atendimento.

Delta

Lembram-se do Caso Proconsult? Foi no pleito de 1982 para o Governo do Rio. A votação era dada em cédulas de papel, com os votos apurados nas próprias mesas coletoras e totalização nas zonas eleitorais. Então, houve uma tentativa de fraude pela empresa Proconsult, responsável pela apuração. Através do chamado “diferencial Delta”, uma parte dos votos dados a Brizola seriam transformados em nulos. A fraude foi descoberta graças ao trabalho da imprensa, especialmente pela agilidade na cobertura da Rádio Jornal do Brasil. Depois, Brizola convocou uma entrevista com a imprensa internacional para denunciar a fraude. Leonel Brizola foi eleito governador e o diferencial Delta ficou para a história. Agora, quase 40 anos depois, a quarta letra do alfabeto grego volta às manchetes. Na pandemia, a nova ameaça é a variante Delta.

Vagalumes

Monarquistas, parlamentaristas e outros anarquistas da ordem são como vagalumes. Piscam e apagam de acordo com o momento.

Coincidência?

Observando os canteiros da Avenida Brasil, constato que aqueles que atravessam o canteiro pisando na grama também são os que não utilizam máscaras.

Trilha Sonora

Para acalmar a alma, os violinos da orquestra de Percy Faith - A Summer Place 


Gostou? Compartilhe